Entre ser astronauta ou arqueóloga, acabei por escolher as artes do espectáculo. Contudo, o que gosto de fazer realmente é um acompanhamento dos amigos e com isso acabo por ser  uma espécie de historiadora pró-activa que actua à pequena escala.

Assim, os meus dias dividem-se num maior número de momentos do que o número de tentáculos de um polvo: há a escrita, há a música, há a imagem e a ligação a diferentes pessoas de diferentes áreas. Desta forma passo a vida a construir caminhos e a interligá-los com pontes mesmo sabendo que algumas rangem quando as cruzamos.

caminhosdeserfeliz.tumblr.com
instagram.com/anaclaudiassilva/