fbpx

Apoia o Gerador na construção de uma sociedade mais criativa, crítica e participativa. Descobre aqui como.

CABANAmad propõe-nos duas exposições para ver já a partir de fevereiro

CABANAmad convida-nos a conhecer o trabalho de Daniele Giannetti e Francisco Trêpa. As exposições podem…

Texto de Patrícia Nogueira

Apoia o Gerador na construção de uma sociedade mais criativa, crítica e participativa. Descobre aqui como.

CABANAmad convida-nos a conhecer o trabalho de Daniele Giannetti e Francisco Trêpa. As exposições podem ser vistas de 11 de fevereiro a 17 de março.

Em fevereiro, a CABANAmad abre as portas para que possamos conhecer o trabalho de dois artistas, Daniele Giannetti através do projeto Boca a Boca, e Francisco Trêpa, com Solo Show. Boca a Boca é um projeto da CABANAmad que tem como objetivo criar uma rede entre artistas de todo o mundo. Este programa de residência dá ao artista selecionado a possibilidade de viver e trabalhar no coração de Lisboa, explorando e descobrindo o que a capital tem para oferecer, cultural e profissionalmente. Esta rede que a CABANAmad pretende criar será continuada pelo artista escolhido, que selecionará o próximo artista, e assim sucessivamente, criando um caminho em rede, sem fronteiras, entre artistas visuais, fotógrafos, performers, e outras formas de expressão.

O primeiro convidado deste projeto é o italiano Daniele Giannetti, um artista de multimédia interessado no uso de sons e vibrações para se re-envolver com rituais antigos que ressoam com diferentes ambientes e corpos para obter respostas individuais e coletivas. O artista trabalha com esculturas, performances, instalações e uma abordagem escultural à pintura. A exposição tem lugar no fim da residência e será apresentado um trabalho realizado durante a residência em Lisboa, juntamente com outros trabalhos realizados pelo artista durante o ano anterior.

Daniele Giannetti partilha assim o espaço com o artista Francisco Trêpa, cujo trabalho - que nos apresenta em Solo Show - se desenvolve através de uma prática transdisciplinar, aplicando métodos que materializam uma abordagem entre escultura, vídeo, fotografia, pintura e desenho.

Francisco costuma explorar estratégias para tornar visíveis articulações produzidas entre o animal humano / animal não humano, que evocam ideias de conquista e enclausuramento percebidos por meio de estruturas sociais, produtos industriais e conceitos. Significados imbuídos em materiais, produtos comerciais e objetos, operam assim dentro da estrutura conceitual da sua prática. Interessa-lhe, de uma perspetiva heterogénea, a criação e representação de caminhos cruzados e tangentes entre o formalismo e o impulso vulnerável, culminando, com humor e seriedade,
num processo de feedback entre pesquisa e prática, criando assim um microuniverso particular que serve de ponte entre as obras que idealiza e cria.

Local: CABANAmad
Horário: 11 de fevereiro a 17 de março - quinta-feira das 11:00 às 20:00, ou por marcação
Bilhetes: Não aplicável
Fotografia disponível via Pexels

Se queres ler mais sobre a cultura em Portugal, clica aqui.

Publicidade

Se este artigo te interessou vale a pena espreitares estes também

21 Junho 2024

Tempos Livres. Iniciativas culturais pelo país que vale a pena espreitar

14 Junho 2024

Tempos Livres. Iniciativas culturais pelo país que vale a pena espreitar

12 Junho 2024

Haris Pašović: “Não acredito que a arte deva estar desligada da realidade”

11 Junho 2024

Prémio Fundações vai dar 50 mil euros a projetos de arte, ciência, cidadania e solidariedade

10 Junho 2024

Matilde Travassos: “A intuição é a minha única verdade”

7 Junho 2024

Tempos Livres. Iniciativas culturais pelo país que vale a pena espreitar

31 Maio 2024

Tempos Livres. Iniciativas culturais pelo país que vale a pena espreitar

24 Maio 2024

Tempos Livres. Iniciativas culturais pelo país que vale a pena espreitar

17 Maio 2024

Tempos Livres. Iniciativas culturais pelo país que vale a pena espreitar

15 Maio 2024

No IndieLisboa 2024 o “olhar atento e urgente sobre o mundo” ecoa em todos os filmes

Academia: cursos originais com especialistas de referência

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Narrativas animadas – iniciação à animação de personagens [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Comunicação Cultural [online e presencial]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Iniciação ao vídeo – filma, corta e edita [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Planeamento na Comunicação Digital: da estratégia à execução [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Iniciação à Língua Gestual Portuguesa [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Práticas de Escrita [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Fundos Europeus para as Artes e Cultura I – da Ideia ao Projeto

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

O Parlamento Europeu: funções, composição e desafios [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Pensamento Crítico [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Soluções Criativas para Gestão de Organizações e Projetos [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Planeamento na Produção de Eventos Culturais [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Viver, trabalhar e investir no interior [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

O Parlamento Europeu: funções, composição e desafios [para entidades]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Jornalismo e Crítica Musical [online ou presencial]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Introdução à Produção Musical para Audiovisuais [online]

Duração: 15h

Formato: Online

Investigações: conhece as nossas principais reportagens, feitas de jornalismo lento

5 JUNHO 2024

Parlamento Europeu: extrema-direita cresce e os moderados estão a deixar-se contagiar

A extrema-direita está a crescer na Europa, e a sua influência já se faz sentir nas instituições democráticas. As previsões são unânimes: a representação destes partidos no Parlamento Europeu deve aumentar após as eleições de junho. Apesar de este não ser o órgão com maior peso na execução das políticas comunitárias, a alteração de forças poderá ter implicações na agenda, nomeadamente pela influência que a extrema-direita já exerce sobre a direita moderada.

22 ABRIL 2024

A Madrinha: a correspondente que “marchou” na retaguarda da guerra

Ao longo de 15 anos, a troca de cartas integrava uma estratégia muito clara: legitimar a guerra. Mais conhecidas por madrinhas, alimentaram um programa oficioso, que partiu de um conceito apropriado pelo Estado Novo: mulheres a integrar o esforço nacional ao se corresponderem com militares na frente de combate.

A tua lista de compras0
O teu carrinho está vazio.
0