O Centro Cultural da Malaposta, em Odivelas, acolhe até ao dia 24 de janeiro, a exposição "Cafuka Atlântica" da Plataforma Cafuka, que reflete experiências temáticas do universo histórico colonial e pós-independência, fatores políticos que condicionam as migrações, fatores de integração nos países de acolhimento e referências urbanas e culturais.

"A cafuca é um candeeiro rudimentar criado pelos funileiros portugueses que viajou pelo Atlântico até ao Golfo da Guiné, sobre as ilhas do Equador, e que criou raízes nesta abençoada terra que dela se apropriou". A história deste objeto de luz, assim como a formação desta sociedade original crioula de matriz luso-africana e a sua paisagem natural, económica, cultural e sociopolítica constituíram fatores de interesse artístico motivadores para "o desenvolvimento de residência criativa no domínio das artes plásticas e todas as disciplinas auxiliares que proporcionam a construção deste projeto de intercâmbio" entre artistas santomenses e portugueses.

Local: Centro Cultural da Malaposta, em Odivelas
Horário: terça a sexta-feira das 14h às 18h, e sábados das 10h às 13h (durante o mês de dezembro)
Preço: Gratuito
Cafuka Atlântica