Inaugura já esta quarta-feira, pelas 18h30, a exposição do artista Francisco Vidal na Central Gerador. A Tempestade é uma novela gráfica que junta as obras de Vidal à escrita de Rui Lorga e que vai estar patente até dia 28 de março, complementando várias iniciativas que vão invadir o espaço dedicadas à lusofonia, tema da Revista Gerador 30 que chega às bancas a 6 de março.

Ao longo deste período, as paredes que compõem o espaço da galeria da Central Gerador vão ser preenchidas pelo tom vibrante de rosa que Francisco Vidal tem usado nas suas composições e que, aqui, serve de fundo para a obra gráfica que apresenta: um estendal de retratos a preto e branco que narram uma história centrada nas pessoas e personagens com as quais o artista se tem cruzado nos últimos anos.

A Central Gerador está aberta de quarta a sábado, entre as 18h e as 23h, e domingo, das 15h às 20h. Fica atento ao Facebook e Instagram oficiais da Central Gerador para estares a par de todas as novidades :)

Onde fica a Central Gerador?

A entrada faz-se pela Rua Luis Pastor de Macedo, nas traseiras do edifício da Junta de Freguesia do Lumiar, pelo portão verde que estará aberto. A Central Gerador fica no Largo das Conchas, Casa da Cidadania, nº 5, Lumiar (Lisboa).

Créditos – Diana Mendes para o 6 Faces da Mesma Moeda com o artista Francisco Vidal
6-faces-francisco-vidal