Alexandre Couto, co-fundador do projeto “Portugal na Pele”, Catarina Pombo Nabais, investigadora e curadora da exposição “O mais profundo é a pele”, e João Cabral Pinto, autor do livro “Guerra na Pele”, sentam-se na Central Gerador amanhã, pelas 19h30, para revisitar o passado para saber ler o presente, e conversar sobre as estórias que a tatuagem em Portugal começou a contar a partir de projetos como os seus.

Alex Couto desistiu da faculdade para começar a sua carreira na agência de branding Ivity Brand Corp, de onde depois saltou para a publicidade na J. Walter Thompson e onde se estabeleceu como copywriter. Foi membro fundador do Shifter, onde também desempenhou a editoria de cultura durante três anos. O seu trabalho publicitário foi destacado com os prémios Eficácia, Meios & Publicidade e Clube de Criativos de Portugal. Criou o projeto "Portugal na Pele" com a namorada, Maria Rita, fotógrafa do projecto, por acharem importante existir um arquivo de tatuagens contemporâneas relacionadas com Portugal.

Catarina Pombo Nabais é investigadora no Centro de Filosofia das Ciências da Universidade de Lisboa (CFCUL) onde é membro integrado desde 2006. Com uma Pós-graduação em Curadoria da Arte pela FSCH/Nova, em Lisboa, tem também vindo a desenvolver trabalho como Curadora, tendo organizado, entre outras, a exposição “O mais profundo é a pele. Coleção de tatuagens do IML de 1910-1940”, no MUDE em 2017.

João Pedro Cabral Pinto é licenciado em Gestão de Empresas, com curso de pós-graduação em E-business, Controlo de Crédito e Cobranças. Faz poesia, pinta quadros, gosta de fotografia, estuda história de Portugal e colecciona vidros antigos. Em 2008 fez uma exposição de fotografia de grafittis no Centro Cultural os Bacalhoeiros e é autor do livro "Guerra na Pele - As tatuagens da guerra colonial".

A Central Gerador está aberta de quarta a sábado, entre as 18h e as 23h, em dezembro fecha a partir de dia 22 até ao fim do mês. Fica atento Facebook Instagram oficiais da Central Gerador para estares a par de todas as novidades :)

Onde fica a Central Gerador?

A entrada faz-se pela Rua Luis Pastor de Macedo, nas traseiras do edifício da Junta de Freguesia do Lumiar, pelo portão verde que estará aberto. A Central Gerador fica no Largo das Conchas, Casa da Cidadania, nº 5, Lumiar (Lisboa).

central-gerador-conversa-tatuagens