A Exposição Insties Gerador 2019 reúne os nove vencedores dos prémios Insties Gerador 2019 mas, acima de tudo, apresenta de forma honesta os medos de nove instagrammers portugueses que, sem pudor, revelaram o que lhes vai na alma.

Em parceria com o Clube Criativos de Portugal (CCP) – e embalados pelo tema, Sem Medos, da edição deste ano do festival CCP – o Gerador desafiou o @alexcoelholima, @davidaba, @hey.luisa, @joao.galamba, @joaok2, @lceusebio, @luc_at_the_world, @martanferreira e @matilde__cunha a criar uma obra que representasse o seu maior receio. Para complementar cada obra visual, os autores escreveram ainda um texto onde, sem papas na língua, expõem os seus medos.

Curioso conhecer melhor cada um dos instagrammers?

O @alexcoelholima é arquiteto e tem como passatempos a fotografia e a leitura. O trabalho de outras pessoas é, para si, uma grande fonte de inspiração e confessa ter mais facilidade em sentir-se inspirado quando não tem problemas.

O @davidaba é fotógrafo e videógrafo freelancer. Diz encontrar inspiração na cultura cinematográfica e em editoriais, fashion films e designers de moda.

A @hey.luisa é estudante no curso de Arte e Multimédia, instagramer em part-time e sonhadora a full-time. Pesca inspiração de todo o lado. Quando o que a rodeia não é suficiente, inspira-se em sonhos e memórias de infância.

O @joao.galamba trabalha em Direito. São as pessoas, as singularidades dos seus rostos, expressões, vidas e cultura, que o fazem querer pegar na máquina e eternizar o momento. A maioria dos seus retratos fotográficos acontecem após uma conversa.

O @joaok2 é engenheiro de telecomunicações. Adora fotografia e inspira-se na observação do quotidiano. Pretende mostrar o comum de forma diferente, procurando enquadramentos alternativos para retratar momentos arquitetónicos e paisagísticos.

O @lceusebio é designer de produto numa empresa de mobiliário. De todos os hobbies, a fotografia é, claramente, aquele que bate mais forte. A natureza, figura humana e a arquitetura são também elementos de referência.

A @luc_at_the_world trabalha numa investigação sobre o uso da madeira em arquitetura sustentável. Descreve a inspiração como sendo algo capaz de se cheirar com as mãos e olhar com os pés, uma autêntica ousadia na experiência sensorial do espaço.

A @martanferreira é designer de comunicação e procura inspiração no cinema, na fotografia, na pintura, na literatura, na arquitetura e em viagens. Não existem, para si, limites para uma busca que se quer incessante.

Finalmente, a @matilde__cunha é fotógrafa e por vezes dá uns toques em vídeo. Inspira-se em tudo um pouco: pessoas, cores, locais, circunstâncias do quotidiano e outros artistas das mais variadas áreas.

A entrada para a exposição, que pode ser visitada de quarta-feira a domingo sempre entre as 12h e as 24h, é gratuita.

Descobre mais sobre a Central Gerador e a programação do 5º Aniversário do Gerador aqui.

Onde fica a Central Gerador?

A entrada faz-se pela Rua Luis Pastor de Macedo, nas traseiras do edifício da Junta de Freguesia do Lumiar, pelo portão verde que estará aberto. A Central Gerador fica no Largo das Conchas, Casa da Cidadania, nº 5, Lumiar (Lisboa).

Créditos – Foto de Diana Mendes