Flávio Rodrigues e Tânia Dinis integram, no dia 14 de outubro, um Ciclo de performances associado ao festival Family Film Project.

Desafiados pela organização da 9ª edição do Festival, os artistas exploram a linha entre o real e performativo ao apresentar materiais de arquivos, pessoais ou não. De acordo com a organização do evento, “o objeto principal é apresentar propostas performativas nas suas valências expandidas (interdisciplinares, deslocações espaciais, deslocações temáticas)”.

Natural de Vila Nova de Gaia, Flávio Rodrigues apresenta “Hodiernidade|e na anfibologia do agora (mãe)”, onde “destrói, paulatinamente, várias novas e outras possíveis construções, onde partículas pairam em continua mudança”. Já Tânia Dinis, em “Álbuns da Terra II”, explora um álbum fotográfico de uma família, a narrativa apresentada, que usa como “suporte de memória e transformação, implementando colagens de imagens em movimento e fragmentos sonoros, num exercício de confrontação da imagem e/com o som”. A performance tem texto de Pedro e Bastos co-produção d’A Oficina.

No mesmo dia, pelas 21h30, o músico e compositor Alexandre Soares apresenta-se num concerto em Passos Manuel, onde apresentará não só músicas de arquivo, bem como temas inéditos.

Local: Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto
Horário: Das 18h30 às 19h30
Preço: Entrada livre
Fotografia da Performance de Tânia Dinis