Cuir Popcreto é resultado de uma residência artística da brasileira Lyz Parayzo. A exposição, que inclui uma série de objetos de autodefesa em metal, está patente no Maus Hábitos e no estúdio A Leste, no Porto, até dia 8 de janeiro. A entrada é livre.

Unindo o conceito de “cuir” – utilizado na América Latina, em especial no Brasil, para designar pessoas que não se enquadram numa lógica binária e heteronormativa de género – ao termo “popcreto” – que nomeia a fase pop da poética do artista italiano Waldemar Cordeiro radicado no Brasil – Parayzo procurou explorar, neste processo criativo, uma série de questões em torno do recente “fenómeno de emancipação dos corpos dissidentes sexuais” e de género.

Local: Maus Hábitos e no estúdio A Leste, no Porto
Horário: no A Leste, de terça a sexta, das 15h às 20h; e na oficina do Maus Hábitos, de segunda a sexta, das 12h às 22h30
Preço: Entrada gratuita
Cuir Popcreto