Maria Soromenho, mais conhecida por Callaz, e Helena Fagundes criam, produzirem e fazem-se ouvir. Dead Flowers & Cat Piss é o recente disco das duas artistas que será editado dia 19 de Fevereiro.

Guiado pela filosofia DIY, com poucos recursos, em estúdios caseiros e no início de Verão, assim nasceu. Depois de Callaz conhecer Helena através da banda do seu irmão, Vaiapraia, as artistas começaram por gravar uma música, “Atonal Heavy Metal Song, como teste desta colaboração – de salientar que Helena nunca tinha produzido antes.

De seguida, seguiu-se a “Aghast” e rapidamente construíram oito demos que as levou ao resultado final – Dead Flowers & Cat Piss.

Inspiradas livros, filmes, histórias vividas, contadas e imaginadas criaram um ligação com o conteúdo lírico, sempre com o objetivo de experimentar musicalmente, “este é mais um passo importante para Callaz chegar onde quer”, afirmam em comunicado.

É então que chegam a “Queima a Roupa”, uma música autobiográfica com ambições de se explorar musicalmente com samples e beats, escrita por Callaz. O tema foi produzido em Neukölln, pela artista Ah! Kosmos, altura em que a artista vivia em Berlim.
É desta forma, que Callaz que nos apresenta a canção que será a passagem direta para Dead Flowers & Cat Piss.

Texto por Patrícia Silva
Fotografia de Marta Costa

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.