De 27 a 31 de outubro, a Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa, é palco do Drawing Room Lisboa. Esta 4ª edição é marcada pelo acordo com a Câmara Municipal de Lisboa, que irá alargar a sua coleção, adquirindo obras de arte durante a feira.

No âmbito do Fundo de Aquisições de Arte Contemporânea (FAAC), a Câmara Municipal de Lisboa, revelou que pretende alargar a sua coleção , adquirindo obra de arte durante a 4ª edição do Drawing Room Lisboa que se realiza de 27 a 31 de outubro, na Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa.

Desde 2018, a Drawing Room Lisboa, que  se tem realizado na Sociedade Nacional de Belas Artes, tem feito valer a sua missão e compromisso junto do tecido artístico português, nomeadamente artistas, galeristas e mecenas. Este ano, o acordo com a Câmara Municipal de Lisboa irá, não só representar um apoio ao sector artístico português, mas valorizar também o acervo do município, sendo a primeira vez que a CMLisboa adquire obras na Drawing Room Lisboa. A feira de arte contemporânea especializada em desenho afirma-se assim como um contributo na criação de oportunidades para a classe artística dedicada ao desenho e para a confirmação do espaço que o desenho pode ocupar no sector da arte contemporânea.

Este ano, estarão presentes os trabalhos de 70 artistas, entre eles Jorge Molder, Pedro Cabrita Reis, Luísa Cunha, Jorge Queiroz, Pedro Barateiro, Pedro Calapez, José Loureiro, Gonçalo Pena, Manuel Vieira, Mafalda Santos, Vera Mota, Alberto Carneiro, Sara Bichão ou Claire de Santa Coloma. Das 26 galerias presentes, 16 serão portuguesas - Filomena Soares, Pedro Cera, 3+1 Arte Contemporânea, Bruno Múrias, Miguel Nabinho, Pedro Oliveira, KubikGallery, Presença, Fonseca Macedo - Arte Contemporânea -, e oito internacionais - F2 Galería, Galería Silvestre, Martínez & Avezuela e Wadström Tönnheim Gallery -, com foco especial no contexto artístico da cidade de Berlim, comissariado por Jan-Phillip Fruehsorge, com a presença de três galerias alemãs: Anaid Art Gallery, Lage Egal e Kristin Hjellegjerde.

Para além da atribuição do Prémios Viarco e os Prémios Fundação Millennium bcp (Prémio Projeto Curatorial Galeria, Prémio Projeto Artístico Destacado e Prémio Aquisição Fundação Millennium BCP - Talento Emergente), a feira contará ainda com a exposição dos trabalhos de 10 finalistas ao prémio FLAD de Desenho, no valor de 20.000€ ( cujo vencedor vai ser conhecido a 30 de outubro), um espaço editorial com livros dedicados ao desenho, coordenado por Filipa Valadares, e conversas em torno da arte contemporânea.

Local: Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa ;
Horário: 27 a 30 de outubro;
Preço: Não aplicável.
Fotografia da cortesia de Drawing Room Lisboa