Ao longo das próximas semanas, a Nome Próprio, estrutura de criação do coreógrafo Victor Hugo Pontes, irá transmitir diversos espectáculos online do criador português, que ficarão acessíveis através das redes sociais.

Sob o mote Enquanto estamos longe do futuro, olhamos para o passado, a Nome Próprio pretende desta forma “ludibriar o estado de emergência que vigora em Portugal, e que impôs o encerramento dos teatros”, acrescentando que a própria estrutura foi também afectada e obrigada a suspender as suas atividades por período indeterminado.

A iniciativa, que arrancou com Uníssono – Composição para cinco bailarinos (2016), disponibiliza esta quarta-feira, dia 29, Dia Mundial da Dança, o espetáculo A Ballet Story (2012), que foi apresentado em vários teatros (Portugal, França, Bélgica, Brasil) e considerado o Melhor Espectáculo de Dança do Ano pelo jornal Público e nomeado para os Prémios SPA.

Esta iniciativa terá continuidade, e há outros espectáculos em carteira para serem disponibilizados no mês de maio. 

Texto de Ricardo Ramos Gonçalves
Fotografia de Susana Neves

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.