Retratos de refugiados ocuparam as praças de Lisboa, Porto e Coimbra. A iniciativa surgiu na nova edição do projeto Inside Out, do artista JR, e quis mostrar os rostos de 155 refugiados que vivem no campo Kara Tepe em Lesvos.

Europe Look Me In The Eyes é a primeira ação coletiva do projeto Inside Out, que acontece em várias cidades europeias. A proposta parte de ativistas na ilha grega de Lesbos que procuram uma mudança nas políticas europeias sobre migração e aumentar a conscientização dos cidadãos através da arte. No dia 17 de julho, 155 retratos de refugiados que vivem no novo campo Kara Tepe em Lesvos foram exibidos em cerca de 20 cidades europeias. Em Portugal, a Avenida dos Aliados (Porto), Praça da Canção (Coimbra) e a Praça Dom Pedro IV, Rossio (Lisboa), foram os espaços escolhidos para acordar o país para o que está a acontecer.

Europe Look Me In The Eyes, em Lisboa

O projeto começou em Lesbos, mas rapidamente o apelo chegou a todo o continente. Europe Look Me In The Eyes destaca a necessidade de proteger os direitos humanos básicos, como dignidade, justiça, igualdade e respeito pela vida humana. "Procurar proteção e asilo na Europa é ainda mais difícil porque os países delegam o controlo das suas fronteiras a outros países, como a Turquia, a Líbia e Marrocos. A Europa e o resto do mundo não podem continuar a fechar os olhos a esta crise humanitária, nem tentar escapar às responsabilidades, atribuindo contribuições de caridade a estes países", afirma Villy Tentoma, coordenadora da ações europeia.

Europe Look Me In The Eyes, no Porto

Por trás dos rostos que se espalham nas praças estão histórias humanas; histórias de resistências implacáveis e ilegais, de opressão continuada e perigo; histórias verdadeiras de doenças, violações, abusos e tráfico de pessoas em campos de refugiados superlotados; condições sanitárias desumanas, morte por congelamento ou calor e risco de deportação para países devastados pela guerra. Europe Look Me In The Eyes é assim um apelo coletivo à consciencialização desta situação por toda a Europa. Mostra mulheres, homens e crianças deslocados que concordaram em partilhar os seus rostos, erguer as suas vozes e servir de exemplo sobre a dura realidade que enfrentam. A pergunta que se coloca é: Portugal, consegues olhá-los nos olhos?

Europe Look Me In The Eyes, em Coimbra. | Sofia Martinho, Frederico Martinho, Tiago Cabrita

Texto por Patrícia Nogueira
Fotografias de Pedro G.Santos

Se queres ler mais notícias sobre sociedade em Portugal, clica aqui.