fbpx
Menu Grande Pesquisa
Carrinho0

Faro entre 14 cidades europeias que integram projeto artístico “Europe at Home”

Um grupo de 14 cidades europeias, entre elas Faro, lançou no passado dia 30 de abril o projeto “Europe at Home”, que visa retratar a quarentena forçada pela pandemia de covid-19 em fotografias e textos em várias áreas da União Europeia, anunciou a organização.

A cidade de Faro, candidata a Capital Europeia da Cultura em 2027, foi a dinamizadora do projeto, que conta com um fotógrafo e um escritor em cada cidade, num total de 28 artistas, a produzir imagens e textos sobre a vida durante o período da quarentena que a pandemia de covid-19 obrigou a população europeia a respeitar, explicou o representante da localidade portuguesa.

Bruno Inácio, que representou a candidatura de Faro a Capital Europeia da Cultura (Faro2027) na conferência de imprensa de imprensa por teleconferência que hoje fez a apresentação do projeto, adiantou que o trabalho de cada artista na sua cidade é também valorizado no site, que agrupa as 14 cidades aderentes.

“O apoio de Kaunas foi muito importante”, salientou Bruno Inácio sobre a cidade da Lituânia, Capital Europeia da Cultura em 2022, onde o trabalho realizado inicialmente pela fotógrafa Gabija Vainiutė serviu de inspiração para Faro iniciar os contactos e o trabalho para alargar o que tinha feito localmente, com o fotógrafo Vasco Célio e o escritor Sandro William Junqueira, a outros parceiros europeus.

Além de Faro e Kaunas, participam no projeto outras cidades europeias com ligação passada, presente ou futura com a Capital Europeia da Cultura, como Bodo (Noruega), Chemnitz (Alemanha), Esche-Sur-Alzette (Luxemburgo), Leeuwarden (Holanda), Novid Sad (Sérvia), Oulu (Finlândia), Piran (Eslovénia), Plovdiv (Bulgária), San Sebastian (Espanha), Tartu (Estónia), La Valletta (Malta) e Veszprém (Hungria).

“Esta rede respondeu rápido e muito bem e a verdade é que já temos mais cidades interessadas em integrar o projeto. Depois de lançarmos o projeto com estas 14 cidades, vamos abrir o projeto à adesão de novas localidades na Europa”, afirmou Bruno Inácio.

O mesmo responsável explicou que a ideia inicial foi “convidar as cidades” para estas depois “escolherem um fotógrafo e um escritor” para se debruçarem e refletirem sobre como está a ser a vida durante este período de quarentena por toda a Europa.

“Temos trabalhos realmente diferentes, uns mais artísticos outros mais baseados na realidade”, considerou Bruno Inácio, sublinhando que, entre os 28 artistas, “há pessoas jovens, a mais nova tem 19 anos, e pessoas mais experientes, há jornalistas, fotógrafos, músicos e escritores”.

Os trabalhos escritos contêm “visões mais pessoais, outros questionam o futuro e outros refletem esperança”, acrescentou, frisando que “não tem de haver relação direta entre imagem e texto” e “não se especificou que tipo de fotografias deviam ser feitas”.

O projeto mostra assim que, apesar das diferenças existentes entre países, “há similaridades” entre todos e a “cultura pode unir” as pessoas e ser uma fonte de inspiração e esperança em tempos de dificuldade, defendeu.

Podes saber mais sobre este projeto, aqui.

Texto de Lusa e Carolina Franco
Cartaz de Europe At Home
Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.

NO GERADOR ABORDAMOS TEMAS COMO CULTURA, JUVENTUDE, INTERIOR E MUITOS OUTROS. DESCOBRE MAIS EM BAIXO.

Já pensaste em tornar-te sócio gerador?

Ser Sócio Gerador é ter acesso à assinatura anual da Revista Gerador (4 revistas por ano), a descontos nas formações da Academia Gerador, passatempos exclusivos, experiências e vantagens na cultura.

Shopping cart
There are no products in the cart!
Continue shopping
0
{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}
Copy link
Powered by Social Snap