Depois de uma primeira edição em 2019, que valeu quarenta e sete novas obras de arte e centenas de visitantes a Figueiró dos Vinhos, o FAZUNCHAR volta à região de 15 a 23 de agosto de 2020 para a sua 2.ª edição. Uma festa construída por vários tipos de arte que dialogam com a comunidade e com o território.

Fazunchar é uma palavra recolhida de um bem local, o laínte (dialeto exclusivo dos comerciantes de têxteis), e significa ‘fazer’. Tem como um dos seus objetivos fundadores renovar a projeção de Figueiró dos Vinhos à escala nacional, enquanto produtor e palco de atividade artística e cultural, (agora) na contemporaneidade. Factos que explicam o mote do evento: “a arte faz a festa”.

A MISTAKER MAKER – Plataforma de Intervenção Artística volta a assumir a organização e curadoria desta nova edição. Nas palavras da arquiteta Lara Seixo Rodrigues, que fundou a Mistaker Maker em 2014, esta participação “reforçará a sua presença e ocupação do espaço público, entendido este como o palco mais democrático para expor olhares únicos e renovados sobre os bens culturais, o património e tudo o que de único compõe este território”.

São esperadas pinturas em mural, residências artísticas, instalações, concertos, filmes, ações comunitárias, visitas guiadas e workshops, tudo com acesso gratuito. Surgem artistas nacionais e internacionais confirmados para a 2.ª edição do FAZUNCHAR, como a britânica Helen Bur e os portugueses Tâmara Alves, Adamastor, Mantraste e Surma. E as intervenções artísticas serão feitas em três novas freguesias, além da de Figueiró dos Vinhos, fazendo com que a arte chegue a novas localidades do mesmo município.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos, Jorge Abreu, o sucesso da primeira edição (com oito murais, nove pinturas de montras e trinta cartazes distribuídos por 18 localizações diferentes) determina a expectativa colocada na 2.ª edição do FAZUNCHAR. “Se, no passado, [o pintor José] Malhoa e [o pintor Henrique] Pinto usavam as telas para retratar aspetos de Figueiró dos Vinhos, eternizando-os, hoje usamos pinturas murais e intervenções artísticas no espaço público, melhorando sua vivência, reforçando os laços afetivos dos figueiroenses com as suas tradições e o seu passado, e construindo um futuro alicerçado nos novos visitantes/turistas que chegam a este território para fazunchar e que contribuem para a sustentabilidade destas nossas terras, no que já é mais um ponto de interesse turístico e cultural de Figueiró dos Vinhos”, esclarece Jorge Abreu.

Julio Anaya Cabanding – FAZUNCHAR 2019
Aheneah – FAZUNCHAR 2019
Mohamed L’Ghacham – FAZUNCHAR 2019
Monk – FAZUNCHAR 2019
Exposição Ilustrar Malhoa – FAZUNCHAR 2019
Workchop Lata 65 – FAZUNCHAR 2019
Visitas Guiadas – FAZUNCHAR 2019
Noiserv – FAZUNCHAR 2019

Se queres acompanhar todas as novidades do FAZUNCHAR, segue as redes sociais oficiais, Facebook e no Instagram.

Texto de Rita Dias
Design de Adamastor

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.