O Planetário de Espinho recebe, de 17 a 20 de Outubro, a 5ª edição do Immersive Film Festival, o festival de Cinema Imersivo, em 2D e 3D, que reúne também produtores, animadores, cineastas, artistas, estudantes, professores e profissionais de planetário para promover o desenvolvimento deste tipo de cinema. No dia 18 de Outubro, às 22h, haverá também, incluído no Festival, um concerto da artista portuguesa Surma.

O Festival de Cinema Imersivo é o primeiro festival europeu a apresentar este formato, em que o espectador é completamente rodeado por imagem 2D e 3D e som, em toda a cúpula do planetário. Em apresentação estarão algumas das mais recentes produções internacionais de cinema imersivo, vindas de países como Suíça, Holanda, Japão, Reino Unido, EUA, Espanha, Itália, entre outros. Entre os filmes no cartaz estão “VOYAGER: The Never-Ending Journey Kyma”, “EXO: Are We Alone? “, “Juniper” ou “The Earth from ISS”. Além das sessões com filmes de maior duração, haverá também sessões dedicadas a curtas-metragens e sessões infantis.

O Festival inclui também uma secção de competição, destinada a premiar as melhores produções, através de um júri seleccionado, que irá avaliar todas as produções submetidas — tanto as sessões completas, como os conteúdos de duração mais curta.  Os filmes serão exibidos na versão em inglês, sem legendagem, de modo a proporcionar ao espectador uma maior sensação de imersão. O preço dos bilhetes varia entre os 2,50€ e os 3€, com descontos possíveis. O passe para todas as sessões, que requer inscrição, custa 50€.

Texto de Francisco Cambim
Fotografia de NASA disponível via Unsplash

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.