De 7 a 14 de setembro, a Ilha do Faial e a Ilha do Pico recebem o Festival Internacional dos Açores. A 16ª edição é dedicado ao Brasil e ao compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos, um dos maiores compositores brasileiros do século XX, descendente de açorianos. Bilhetes já disponíveis.

A homenagem a um dos maiores compositores brasileiros do sec. XX, Heitor Villa-Lobos e um cartaz repleto de música brasileira fazem da 16ª edição do Festival Internacional dos Açores um reforçar e celebrar de laços entre o Brasil e as ilhas açorianas. Entre os dias 7 e 14 de setembro, a música acontece todos os fins de tarde entre o Teatro Faialense e a Casa Memória Manuel de Arriaga, pelas 19h, com recitais de renomados músicos como o pianista Adriano Jordão, Constantin Sandu, H4nds Duo e Luísa Tender, acompanhada pela soprano Regina Freire, a par de nova geração de pianistas brasileiros representada por Leonardo Hilsdorf e João Elias Soares. Nas cordas, Titus Isfan com a guitarra clássica e, no violoncelo, o russo Pavel Gomziakov cujo concerto, no Museu do Vinho, na Ilha do Pico, dia 12 de setembro, honrará as ligações históricas deste produto com a corte dos Czares, seguido de uma degustação vínica.

E porque a 16ª edição não é só música, em parceria com organizações locais, o festival promove várias ações de descoberta e valorização do património natural e edificado da ilha. Com a startup Naturalist será promovido, no dia 8 de setembro, um percurso guiado pelo porto da Horta que culmina com a criação de um desenho da Boa Viagem, elaborado por um artista local, convidando todos os presentes a assinarem este marco e a repetirem uma tradição secular dos marinheiros que por aqui passam. No dia 9, o festival, em parceria com a startup, promove uma ação de limpeza de um parque urbano e reflorestação com espécies endémicas. No dia 10, a aventura continua com o estudo dos oceanos numa manhã dedicada à observação de baleias e golfinhos, atividades cujo 10% do valor pago se destina à Associação dos Naturalistas do Atlântico. A tarde de dia 11 é dedicada à Gastronomia e aos produtos locais, com uma visita guiada à queijaria "O Morro" seguida da visita à Melaria do Faial, onde os participantes vão ter a oportunidade de conhecer o processo de produção e saborear os afamados queijos de leite de vaca e o mel de incenso.

O festival encerra com dois momentos únicos, o concerto de homenagem à primeira diretora do Conservatório Regional do Faial, onde participam alunos, professores da instituição e o pianista Leonardo Hilsdorf, e ainda um recital de piano com a artista Kristina Miller.

Os bilhetes podem ser comprados na bilheteira do Teatro Faialense e é necessária reserva para os concertos gratuitos realizados na Casa Memória Manuel Arriaga.

Local: Teatro Faialense e Casa Memória Manuel de Arriaga;
Horário: 7 a 14 de setembro, horários disponíveis, aqui.
Bilhetes: Plateia - 6,50€; Camarote (Central | 2 pax) - 22,40€; Camarote (Lateral 3pax) - 21,30€; Camarote (Lateral 2 pax) - 10,50€; Galeria - 4€
Fotografia do site Naturalist