Entre 24 e 27 de setembro, a 5ª edição do “LisboaSoa” regressa a Lisboa. No âmbito da Capital Verde Europeia 2020 e através da implementação de um novo formato, a organização espalhou, por toda a cidade, 12 instalações sonoras.

O objetivo é só um:  promover o apoio à criação de arte sonora e às artes exploratórias pensadas em sintonia com as questões ambientais.

Hoje, 24 de setembro, o evento dá destaque à área da música no Terraço Epal onde recebe dois duos: A partir das 18h30 Nuno Veiga e Yola Pinto e às 19h30 Nuno Rebelo e Constanza Brnčić. A noite não foi esquecida e através da emissão online atuará, pelas 21h00, Ellen Fullman.

Todos os eventos são de entrada gratuita, mas atendendo às medidas de proteção da saúde pública, e ao cumprimento das diretrizes da Direção Geral de Saúde no plano de combate à propagação da Covid-19. A lotação permitida para cada evento é limitada pelo que a organização exige a inscrição prévia através do email: lisboasoa@gmail.com.

O Lisboa Soa é uma iniciativa itinerante e participativa que quer valorizar a criação artística, mas atribuir-lhe um contexto social e ecológico, de intervenção direta no espaço público e que pode ser transportado para diferentes locais fomentando a participação da comunidade através da fruição de instalações e performances sonoras, da participação em workshops e oficinas de educação auditiva, de debates e passeios focados no sentido da audição.

Conhece aqui o cartaz completo.

O gerador é parceiro do Festival LisboaSoa.
Texto de Isabel Marques
Fotografia via facebook LisboaSoa

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.