Está a decorrer, até 27 de março, a open call para a competição M-Cinema: Mostra Internacional de Curtas Metragens da 5.ª edição do Festival Mental, que acontecerá, este ano, de 20 a 23 de maio no Cinema São Jorge, em Lisboa.

A open call está aberta a filmes que abordam a temática da saúde mental e psicológica, sendo aceites nas categorias de documentário, ficção e animação. Curtas-metragens que tratem a mesma temática para o segmento infanto-juvenil também estão incluídas e podem participar nesta competição, que terá, como júri, os residentes Rui Henriques Coimbra, Maria João Barros e Catarina Belo, aos quais se juntará um outro elemento convidado.

Nesta 5.ª edição, o Festival Mental reforça a sua missão de trazer para a discussão pública o tema da saúde mental, contribuindo para a diminuição do estigma a ele associado. Sendo a cultura, nas suas várias formas, uma proposta de diálogo, a iniciativa pretende cruzar estes dois temas num festival multidisciplinar, contribuindo para a construção de novos públicos e chegando diretamente às comunidades, sem centralismos.

A decorrer anualmente desde 2017, o festival dedica-se essencialmente ao cinema e informação, estando, no entanto, aberto a outras formas de expressão artística que reflitam sobre a saúde mental, com vista à promoção e prevenção.

A programação de 2021 incluirá uma série de eventos integrados de várias áreas culturais e sociais como cinema, música, dança, teatro, literatura, debate e conversas temáticas. A pensar nos mais jovens, acontecerá também o Mental Júnior e o Mental Jovem.

Este ano, o Festival Mental terá também um formato itinerante, passando também pelo Teatro Baltazar Dias, no Funchal, de 18 a 20 de junho, pela Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada, de 17 a 19 de setembro e ainda pelo Cine-Teatro Mouzinho da Silveira, em Castelo de Vide, de 24 a 26 de setembro.

Texto de Flávia Brito
Fotografia de Anna Shvets via Pexels

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.