A galeria Foco, em Lisboa, reabria hoje, dia 19 de maio, com a exposição individual de Hugo Cantegrel. Just Before We Begin estava patente na galeria quando esta se viu obrigada a fechar portas, e por lá ficava até ao dia 6 de junho.  Foi anunciado hoje nas redes sociais pela própria galeria que a reabertura terá de ser adiada devido a uma infiltração.

Nem Hugo Cantegrel nem a Galeria Foco podiam prever o que viria a acontecer e que levaria a um fecho repentino de portas, mas foi mesmo antes de ser decretado o estado de emergência em Portugal que inauguraram Just Before We Begin, que se mantinha na galeria até ao dia 27 de março. Na exposição que voltaria a estar aberta ao público a partir de hoje, podiam ser vistas cinco obras de Hugo Cantegrel produzidas em 2019 e 2020. 

Due to water damage of the building, the re-opening of the gallery to the public will have to be postponed...#KarmaCorona

Publicado por Galeria FOCO em Terça-feira, 19 de maio de 2020

O artista francês que estudou Belas Artes no Central Saint Martins e atualmente vive e trabalha em Lisboa é já um nome conhecido no circuito artístico nacional. De acordo com a descrição que a Galeria Foco faz do seu trabalho, “o artista procura desenvolver as suas obras num trabalho em aberto (…) procurando diferentes maneiras de as compreender, uma certa ideia de universalidade, uma massa de referências, um apanhado de memórias, (…) um entrelaçar de narrações que cada espectador é capaz de criar”.

Depois de dois meses complicados para as artes visuais, bem como para o resto do setor cultural, começam a ser restabelecidos os encontros e diálogos que tiveram obrigatoriamente que ficar em espera. Ontem, dia 18 de maio, foi o primeiro dia em que Museus e Galerias puderam oficialmente reabrir as suas portas.

Podes saber mais sobre Hugo Cantegrel e sobre a galeria Foco, aqui.

Texto de Carolina Franco
Fotografia da cortesia da galeria Foco
Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.