O espaço artístico Gnration, em Braga, possui em exibição a instalação “) rev (“. A exposição é da autoria do artista português João Martinho Moura e relaciona a arte com a tecnologia e investigação, cruzando-a, assim, com os conhecimentos do artista plástico, músico e cenógrafo Pedro Tudela.

Esta exposição resulta da investigação que se estabelece entre a nanotecnologia e as medias arts. Para ajudar no processo criativo, João Martinho Moura tem vindo a desenvolver trabalhos de pesquisa artística no Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL).

“Em parceria com Pedro Tudela, parte para a exploração de visualizações e fisicalidades a partir do conceito associado a estruturas de nanotubos de carbono, uma das muitas investigações a decorrer no INL, materializando a capacidade da matéria se tornar numa outra coisa, seja pela relação do plano no espaço como pela comparação, que naturalmente se faz, entre duas quantidades desiguais”, pode ler-se em comunicado sobre a exposição.

Texto por Gabriel Ribeiro
Fotografia de Gnration

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.