Contando com a colaboração do Museu Hergé de Louvain-la-Neuve, a mostra que se encontra presente até janeiro de 2022 no museu Calouste Gulbenkian reúne uma importante seleção de documentos, desenhos originais e várias obras criadas pelo autor de Tintim, Georges Remi.

Inspirando-se em várias correntes artísticas da sua época – da pop art ao abstrato, passando pelo minimalismo –, o artista autodidata também mostrara interesse por civilizações antigas e pelas artes primitivas.

O público que o acompanha nesta viagem poderá ainda mergulhar nas obras de um criador que usa todos os meios à sua disposição para realizar as suas composições, da ilustração à banda desenhada, passando pela publicidade, imprensa ou desenho de moda e artes plásticas.

Distinguindo-se pela sua capacidade de representar a realidade de uma forma inventiva e tão familiar, é através das linhas simples, precisas que Hergé dá origem a personagens emblemáticas que refletem e encarnam os grandes valores da sociedade. A exposição tem em exibição materiais como pranchas originais, pinturas, fotografias e documentos de arquivo.

Local: Calouste Gulbenkian, Galeria principal, Lisboa;
Horário: de 1 de outubro de 2021 a 10 de janeiro de 2022, entre as 10horas e as 21horas;
Preço: 5 euros, sabe mais aqui.

Fotografia de Robert Kayaert

Se queres consultar mais agendas, clica aqui.