Sem saber quando reabrirá portas, o Hot Clube de Portugal (HCP) retoma os concertos de jazz em Lisboa, desta feita, em versão online paga.

Encerrado desde o dia 12 de março, a reabertura do HCP implicaria uma redução para 20 espectadores simultâneos na sala de espetáculos. Tal restrição levou a direção do clube de jazz a manter as portas fechadas e reinventar o regresso à atividade.

Todas as quintas e sextas-feiras os concertos são transmitidos em direto através da plataforma crowdcast.io/hotclubedeportugal. No dia 25 de junho  atua o trio do baixista Yuri Daniel, com Diogo Vida (piano) e Vicky Marques (bateria), seguindo-se, a 26, o trio do saxofonista Desidério Lázaro, com o contrabaixista Nelson Cascais e o baterista Luís Candeias.

O mês de julho começa com concertos logo no dia 2, com a apresensentação do contrabaixista André Rosinha, acompanhado por João Paulo Esteves da Silva (piano) e Marcos Cavaleiro (bateria). Até ao momento estes são os únicos concertos anunciados pela organização, na expectativa de que possam entretanto reabrir as portas.  

“A nossa vontade de abrir é imensa, mas não temos ainda uma data prevista de reabertura. Não somos um bar nem uma sala de espetáculos, mas temos concertos”, afirmou à agência Lusa Luís Cunha, da direção do clube de jazz.

Texto de Bárbara Dixe Ramos
Fotografia de Carlos Reis

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.