O antropogogo vai participar no painel “A cultura e a educação”, pelas 15h00 do dia 10 de abril, juntamente com a Presidente da Fundação Côa Parque, Aida Carvalho, a Reitora da Universidade de Évora, Ana Costa Freitas, e o escritor e ilustrador Afonso Cruz.

José Pacheco fundou a Escola da Ponte, referência mundial em inovação, e coordenou o projeto "Fazer a Ponte", de 1976 a 2004, projeto galardoado com o 1º Prêmio do “Concurso Experiências Inovadoras no Ensino", promovido pelo Ministério da Educação. Foi também membro do Conselho Nacional de Educação.

Pela sua relevante contribuição para uma Educação de boa qualidade, foi-lhe atribuída pela Presidência da República a "Comenda da Ordem da Instrução Pública". Em 2005, com e o título de notório especialista, passou a residir no Brasil. Desde então, viaja pelo país, mobilizando educadores que acreditam em uma educação transformadora e democrática. Acompanha inúmeros projetos para uma nova educação. Entre eles: EM Amorim Lima (SP), EE Campos Sales (SP), Projeto Âncora (SP) e CAP (DF).

No IBICT (Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia), no quadro do Projeto Brasília 2060 - Plano Estratégico para uma Cidade Sustentável, coordenou a pesquisa sobre indicadores de boa qualidade da educação no Distrito Federal. No MEC (Ministério da Educação) integrou o Grupo de Trabalho de Inovação e Criatividade da Educação Básica. É o Coordenador Pedagógico da EcoHabitare Projetos, empresa social que que visa promover uma educação conectada com necessidades sociais do Século XXI. É ainda autor de inúmeros livros e artigos sobre educação e um grande dinamizador da gestão democrática.

De 8 a 10 de abril, o festival VisitPortugal Descobre o Teu Interior vai debater o interior do país e dar visibilidade às comunidades que o compõem. Conta com a presença da Secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, a Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, e muitos mais participantes, num total de mais de 30 oradores.

O festival terá três palcos, um dedicado à música portuguesa, outro ao cinema, e o principal que receberá diferentes painéis para debater o estado do interior do país. Para além destes espaços podes ainda navegar pelo recinto virtual onde encontrarás vários recantos prontos a serem explorados. Descobre tudo na página principal do festival.

Compra já aqui o teu passe para os dois dias.