fbpx
Apoia o Gerador na construção de uma sociedade mais criativa, crítica e participativa. Descobre aqui como.

Leonor Chicó: “Um protesto é eficaz se não incomoda?”

De olhos postos nos temas centrais, falámos com Leonor Chicó, estudante e ativista da Greve Climática Estudantil.

Texto de Sofia Craveiro

Apoia o Gerador na construção de uma sociedade mais criativa, crítica e participativa. Descobre aqui como.

É estudante de Antropologia na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade NOVA de Lisboa, mas dedica grande parte do seu tempo ao ativismo climático da Greve Climática Estudantil. Leonor Chicó já foi detida por diversas vezes pelo que diz ser "um protesto pacífico", que procura alertar para uma situação que se afigura dramática.

No primeiro episódio das Entrevistas Centrais explicou os motivos das ações de protesto e das formas de luta pelas quais tem optado. Estabeleceu paralelismos com as ações das sufragistas e lamenta que a urgência climática não seja reconhecida como tal. Falou ainda sobre mobilização civil, repressão policial em democracia e sobre a “crise de memória e de imaginação”, ligada a uma incapacidade coletiva de imaginar uma sociedade que não seja capitalista. 

De olhos postos nos temais centrais, as jornalistas Flávia Brito e Sofia Craveiro entrevistam, alternadamente, personalidades que vale a pena olhar.

Publicidade

Se este artigo te interessou vale a pena espreitares estes também

14 Junho 2024

Pop Up Quiz. O que sabes sobre o corpo humano?

13 Junho 2024

Dar uma volta com João Figueiredo

13 Junho 2024

Joacine Katar Moreira: “Eu não imaginei nunca o isolamento a que a esquerda me votou”

10 Junho 2024

Mescla com Monday

7 Junho 2024

Beber um copo com Fernando Alvim e a sua energia inesgotável

3 Junho 2024

Mescla com Miss Universo

31 Maio 2024

Boca a Boca com Joana Gusmão e Cláudia Pascoal

30 Maio 2024

Irene Pimentel: “A história de uma ditadura é sobre como consegue tornar passiva a população”

29 Maio 2024

Dar uma volta com Lara Seixo Rodrigues

27 Maio 2024

Mescla com Meses Sóbrio

Academia: cursos originais com especialistas de referência

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Fundos Europeus para as Artes e Cultura I – da Ideia ao Projeto

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Jornalismo e Crítica Musical [online ou presencial]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Planeamento na Produção de Eventos Culturais [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Introdução à Produção Musical para Audiovisuais [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Pensamento Crítico [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Comunicação Cultural [online e presencial]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Iniciação à Língua Gestual Portuguesa [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Iniciação ao vídeo – filma, corta e edita [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Planeamento na Comunicação Digital: da estratégia à execução [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Práticas de Escrita [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Soluções Criativas para Gestão de Organizações e Projetos [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

O Parlamento Europeu: funções, composição e desafios [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Narrativas animadas – iniciação à animação de personagens [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Viver, trabalhar e investir no interior [online]

Duração: 15h

Formato: Online

Investigações: conhece as nossas principais reportagens, feitas de jornalismo lento

5 JUNHO 2024

Parlamento Europeu: extrema-direita cresce e os moderados estão a deixar-se contagiar

A extrema-direita está a crescer na Europa, e a sua influência já se faz sentir nas instituições democráticas. As previsões são unânimes: a representação destes partidos no Parlamento Europeu deve aumentar após as eleições de junho. Apesar de este não ser o órgão com maior peso na execução das políticas comunitárias, a alteração de forças poderá ter implicações na agenda, nomeadamente pela influência que a extrema-direita já exerce sobre a direita moderada.

22 ABRIL 2024

A Madrinha: a correspondente que “marchou” na retaguarda da guerra

Ao longo de 15 anos, a troca de cartas integrava uma estratégia muito clara: legitimar a guerra. Mais conhecidas por madrinhas, alimentaram um programa oficioso, que partiu de um conceito apropriado pelo Estado Novo: mulheres a integrar o esforço nacional ao se corresponderem com militares na frente de combate.

A tua lista de compras0
O teu carrinho está vazio.
0