O mês de março chega agitado com a exposição Tempestade de Francisco Vidal que invade as paredes da Central Gerador durante todo o mês. Vamos celebrar a lusofonia com noites de cinema dedicadas ao tema, o dia da mulher chega como um furacão para uma tarde em grande com as M3DUSA e a chegada da primavera vem acalmar os ânimos com as sonoridades dos Guerrilha Sound System. Descobre aqui tudo o que andamos a tramar para o mês de março:

Quarta, dia 4 às 18h30 | Inauguração da exposição Tempestade de Francisco Vidal

Começamos o mês com a inauguração da exposição Tempestade do artista plástico Francisco Vidal que centra o seu trabalho em temas como a diáspora ou o questionamento de histórias coloniais com foco especial nas práticas laborais, o conflito e violência. Serão os alvos da tempestade capazes de assumir o seu poder e cumprir as suas missões?

Quintas, dias 5, 12, 19 e 26 às 21h | Mostra de Filmes Lusófonos

As noites de cinema invadem a Central Gerador à quinta-feira com curadoria de Lídia Ars Mello, programadora do Cineclube da Casa do Brasil em Lisboa, que traz uma mostra de filmes lusófonos que dura quatro sessões. Vais poder ver longas-metragens, um documentário e três filmes ficcionais de realizadores de Angola, Brasil e Portugal.

Sexta, dia 6 às 21h | Concerto Nicolás Farruggia

Uma voz e uma guitarra, muitos mundos. As canções de Nicolás Farruggia são o veículo emocional das histórias e sotaques deste artista poliglota. A sua sonoridade percorre o folclore Argentino até à canção Napolitana, passando antes por Cabo Verde e pelos ritmos afro-peruanos, até atracar no blues.

Domingo, dia 8, 15h às 20h | Mulher Pode: celebração com M3DUSA e convidadas

O Dia da Mulher chega em festa com curadoria do coletivo M3DUSA. A tripla de dj’s traz uma conversa acerca do papel da mulher na indústria portuguesa com Mariana Duarte Silva, co-fundadora do Village Underground Lisboa, a beatmaker Trafulha, a artista AMAURA e Núria Pinto, ex-Digital Strategist na Antena 3 e jornalista na Rimas e Batidas, que assume a moderação desta conversa.

O programa conta ainda com uma exposição da ilustradora Mariana Simão, a curta-metragem Inter Intra Subjective da realizadora Leonor Bettencourt Loureiro, que estará presente para comentar o filme e, por fim, um dj set do trio M3DUSA que elogia as mulheres através da música.

Quarta, dia 11 às 19h30 | Conversa: O que significa a lusofonia hoje?

A propósito da Revista Gerador 30, que estará nas bancas a 6 de março com uma edição dedicada à lusofonia, a Central Gerador vai promover um conjunto de iniciativas dedicadas ao tema. No dia 11 conversamos então sobre o significado da lusofonia nos dias de hoje com três convidados que anunciaremos em breve.

Sexta, dia 13 às 21h | Concerto Fado-Enredo

Fado-Enredo narra a história das influências que o Fado chamou para si e a forma como foi contaminando os vários personagens com quem se cruza ao longo da trama. A saudade no samba, na bossa nova, nos ritmos de África ou na canção portuguesa compõem a intriga. Não há bom, mau ou vilão neste enredo, apenas um ator principal que detém todo o protagonismo, o Fado.

Sábado, dia 14 às 21h | Quiz Quebra Gelo ao vivo

Vem testar os teus conhecimentos da cultura portuguesa sob pressão no quiz Quebra-Gelo ao vivo, uma secção da Revista Gerador que te põe à prova.

Sexta, dia 20 às 19h | Festa da Primavera com Guerrilha Sound System

No dia 20 de março a Central Gerador dá as boas-vindas à primavera com uma festa musicada pelos Guerrilha Sound System, que prometem trazer de volta à esplanada do espaço o calor e a animação desta estação do ano.

Sábado, dia 21 às 19h30 | Poesia Bilingue apresenta: Ela

Passados três anos do enigmático Baile do Conde, Bilingue apresenta agora a inescapável Ela - resultado de ano e meio num ginásio a identificar os pesos da vida e as suas inúteis passadeiras rolantes. O projeto Bilingue reúne Sérgio Coutinho (poemas originais e voz) e Francisco Ferreira (músicas originais e voz) que desde 2014 criam "peças" onde a música e a palavra se completam e contagiam, confundindo a doença com o doente.

Quarta, dia 25 às 19h30 | Conversa: Sabonetes, o regresso de uma tendência cultural

No dia 25 falamos acerca da recuperação da tradição do sabonete artesanal português na atualidade. A origem das matérias primas utilizadas nos sabonetes, a sua produção artesanal comparada com a industrial, a história das lavadeiras e dos saboeiros e o modo como esta tendência está a regressar à atualidade serão assuntos abordados nesta conversa com três convidados.

Sexta, dia 27 às 21h | Concerto Plasticine Band

A sonoridade da banda tem várias influências e, como tal , nela poder-se-ão encontrar elementos de jazz, funk, soul, rock, afro-beat, etc. que se combinam numa diversidade rítmica e harmónica com melodias contagiantes. As suas atuações são pautadas pela criação de diferentes ambientes musicais e pelas dinâmicas bem vincadas. Ao vivo a formação pode ser variável mas habitualmente conta com 9 músicos.

Sábado, dia 28 às 21h | Dj Anderson Noise apresenta o livro "O Barulho da Lua"

O Dj Anderson Noise, um dos principais nomes da música eletrónica brasileira, apresenta o seu livro e autobiografia «O Barulho da Lua» na Central Gerador, durante a sua deslocação a Portugal. São 32 anos de carreira retratados nesta obra que destaca a trajetória profissional do artista.

A Central Gerador está aberta de quarta a sábado, entre as 18h e as 23h, e domingo das 15h às 20h. Fica atento ao Facebook e Instagram oficiais da Central Gerador para estares a par de todas as novidades :)

Onde fica a Central Gerador?

A entrada faz-se pela Rua Luis Pastor de Macedo, nas traseiras do edifício da Junta de Freguesia do Lumiar, pelo portão verde que estará aberto. A Central Gerador fica no Largo das Conchas, Casa da Cidadania, nº 5, Lumiar (Lisboa).

central-gerador-gratuito-cultura-lumiar