A renovada atenção da historiografia às relações entre arte e a sexualidade tem originado uma constante releitura, nas últimas décadas, e releva do papel que este tipo de problemáticas ocupam na articulação com as múltiplas dimensões do “político”.

Neste seguimento, surge o curso de História da Arte Contemporânea Internacional, e em Portugal, promovido pela MArt, (Espaço de projeto, aprendizagem e experimentação artística), acerca do “Corpo e Erotismo: Censura, proibição e tabu.” O curso tem a duração de três meses, e estará disponível de amanhã, 4 de março, a 24 de junho, online. Este, tem um custo de 200 euros, para o público em geral, de 100 euros para alunos da MArt, e de 67 euros para artistas residentes.

O curso pretende pensar como o desvelamento do corpo, nas suas múltiplas dimensões, se articulam na arte contemporânea portuguesa e internacional. Centrando-se no conflito entre censura e transgressão, serão apresentados trabalhos que, a partir dos anos 1960 até à atualidade, exploram os modos como uma nova explicitação da sexualidade pode ter implicações políticas.

O curso vai decorrer todas as quintas das 10h30 às 12h00. Caso tenhas interesse só tens de te inscrever aqui. Sabe mais informações aqui.

Local: Online;
Horário: 10h30 às 12h00;
Preço: 200 euros|100 euros|67 euros
Fotografia disponível via Pexels