Vinda do bairro da Cova da Moura em Lisboa, Mynda Guevara carrega no nome e na atitude uma sede de revolução que está intimamente ligada ao papel ainda muito minimizado das mulheres no rap.

No dia 19 de setembro, pelas 18h, Mynda Guevara subirá ao palco da Oficina Iminente para um concerto. A Oficina, que decorre de 9 a 19 de setembro,  é um conceito criado por força da covid-19 pela organização do festival Iminente, que tem quatro concertos, workshops com artistas e conversas sobre temas dissidentes.

Sobre a sua seleção para esta Mescla, disse-nos: "Qualquer uma destas músicas têm-me transmitido muita energia e motivação, cada uma à sua maneira. São músicas que tenho ouvido todos os dias, sem contar com outras de Artistas Estrangeiros."

Fica com a sua seleção de 10 músicas, aqui:

Achero, "Filho da Pouca Sorte"
Nicholaz, "10Mili"
Sacik Bro, "Ferro"
Kappa Jotta, "Paz"
Psyco, "Sozinho"
Baby Dog, "Nova Era"
Dillaz, "Conto"
Zizisso, "Na Gaz"
Mini God, "6H"
Tchapo ft Souza, "Genocídio"
Fotografia da cortesia de Mynda Guevara
O Gerador é parceiro da Oficina Iminente
gerador-mescla-mynda-guevara