fbpx
Apoia o Gerador na construção de uma sociedade mais criativa, crítica e participativa. Descobre aqui como.

Mescla com Renato Chantre

A mescla desta semana, chega-nos pelas mãos de Renato Chantre

Texto de Gerador

Apoia o Gerador na construção de uma sociedade mais criativa, crítica e participativa. Descobre aqui como.

Renato Chantre nascido e criado numa família de músicos, na ilha de São Vicente, começou desde cedo a dar sinais que tinha a sua estrelinha na música. Rapidamente entrou no circuito musical nacional e, com apenas 22 anos, integrou uma tours mundiais ao lado de Eneida Marta bem como outros músicos de renome.

Durante 20 anos trabalhou como músico freelancer onde integrou bandas como Kussondulola, Mercado Negro, Bonga, Orquestra Cesária Évora, Tito Paris, Jon Luz, Dino D’Santiago, Ricchie Campbell entre outros. Sempre se destacou dos demais pelo seu groove e versatilidade enquanto baixista. Desde o funk aos vários estilos musicais dentro da música tradicional africana, passando pelo jazz e até pelo metal por onde começou, é detentor das mais quentes linhas de baixo dando aquele “calor” que as músicas precisam.

Se este artigo te interessou vale a pena espreitares estes também

24 Maio 2024

Pop Up Quiz. O que sabes sobre Biologia?

23 Maio 2024

Tiago Fortuna (Access Lab): “Há muito entusiasmo, mas depois não se concretiza”

22 Maio 2024

Sara Cerdas: “Não podemos apenas viver de políticas feitas a pensar no ciclo político”

20 Maio 2024

Mescla com Allis

16 Maio 2024

Alex Cortez: “As atividades culturais têm de dar lucro, esse lucro nem sempre é medido por dinheiro”

15 Maio 2024

Dar uma volta com Eduardo Breda

13 Maio 2024

Mescla com E.se

10 Maio 2024

Pop Up Quiz. O que sabes sobre a Europa

9 Maio 2024

Sampaio da Nóvoa: “Marcelo degradou seriamente a instituição Presidência da República”

3 Maio 2024

Beber um copo com Alex D’Alva Teixeira e a sua imunidade a ressacas

Academia: cursos originais com especialistas de referência

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Planeamento na Comunicação Digital: da estratégia à execução [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Fundos Europeus para as Artes e Cultura I – da Ideia ao Projeto

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Jornalismo e Crítica Musical [online ou presencial]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Iniciação ao vídeo – filma, corta e edita [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

O Parlamento Europeu: funções, composição e desafios [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Narrativas animadas – iniciação à animação de personagens [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Iniciação à Língua Gestual Portuguesa [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Comunicação Cultural [online e presencial]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Práticas de Escrita [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Viver, trabalhar e investir no interior [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Soluções Criativas para Gestão de Organizações e Projetos [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Planeamento na Produção de Eventos Culturais [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Pensamento Crítico [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Introdução à Produção Musical para Audiovisuais [online]

Duração: 15h

Formato: Online

Investigações: conhece as nossas principais reportagens, feitas de jornalismo lento

22 ABRIL 2024

A Madrinha: a correspondente que “marchou” na retaguarda da guerra

Ao longo de 15 anos, a troca de cartas integrava uma estratégia muito clara: legitimar a guerra. Mais conhecidas por madrinhas, alimentaram um programa oficioso, que partiu de um conceito apropriado pelo Estado Novo: mulheres a integrar o esforço nacional ao se corresponderem com militares na frente de combate.

1 ABRIL 2024

Abuso de poder no ensino superior em Portugal

As práticas de assédio moral e sexual são uma realidade conhecida dos estudantes, investigadores, docentes e quadros técnicos do ensino superior. Nos próximos meses lançamos a investigação Abuso de Poder no Ensino Superior, um trabalho jornalístico onde procuramos compreender as múltiplas dimensões de um problema estrutural.

A tua lista de compras0
O teu carrinho está vazio.
0