fbpx
Terça-feira, 10 Março 2020

MIL cancela edição de 2020, mas promete regresso em 2021

Na sequência de cancelamentos que têm sido feitos em eventos culturais para evitar a propagação do Covid-19, o MIL - Lisbon International Music Network  enviou um comunicado de imprensa a informar o cancelamento da tão esperada edição de 2020. Fica uma nota de agradecimentos a artistas e parceiros e a promessa de um regresso ao Cais do Sodré no próximo ano. 

O entusiasmo e a dedicação postos num evento como o MIL em cada edição pesam na hora de decidir que decisão tomar mas, seguindo as diretrizes estabelecidas pela Direção-Geral de Saúde no plano nacional de contingência para o Covid-19, apresentado inicialmente por coronavirus, a organização do evento viu-se obrigada a cancelar a sua quarta edição. “É com grande tristeza que informamos que a quarta edição do MIL será cancelada”, pode ler-se no comunicado.

Neste sentido será, naturalmente, cancelada a conversa resultante da parceria entre o MIL e o Gerador, "Pode O Rap Ser Um Elemento Unificador Da Lusofonia?", que contava com Drik Barbosa, Vinicius Terra e Mundo Segundo no painel.

"É inegável o forte impacto global que esta epidemia está a ter sobre todas os sectores da sociedade. As consequências para o setor cultural e a circulação de artistas são já bem visíveis a nível nacional e internacional. Queremos deixar uma mensagem de força e solidariedade a todas as salas de espetáculo, clubes, festivais, artistas e demais intervenientes”, sublinham.

O evento que contava este ano com um cartaz preenchido por nomes como Amaura, Manel Cruz e Aurora Pinho, que te demos a conhecer aqui, e com uma série de debates que pretendiam questionar a indústria, agradece "a todos os artistas, salas de espetáculo e parceiros institucionais, internacionais, media e de produção" que trabalharam com o MIL "de forma incansável para fazer desta uma edição memorável”.

A devolução dos bilhetes comprados será feita através da SeeTickets

Podes informar-te sobre outros espaços culturais que fecharam na sequência do Covid-19, aqui.

Texto de Carolina Franco
Fotografia de Diana Mendes

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.

MAIS ARTIGOS DE Notícias, DESTAQUE

Gargantas soltas 17.Mai.2021

A rapariga do cabelo vermelho

O espírito andava inquieto e não sabia qual o caminho a seguir na sua vida. Sempre lhe tinham dito que era por causa do seu cabelo vermelho. As ruivas têm sempre…

Reportagens 17.Mai.2021

Insónia(s): fragmentos, memórias e emoções. Viagens partilhadas por Olga Roriz, pela dança e pelo mundo

O novo espetáculo dirigido por Olga Roriz, Insónia (dia 22 de maio pela primeira vez em cena no Teatro Municipal de Bragança antes de seguir em digressão nacional), transporta-nos para…

Destaque Últimas 16.Mai.2021

OPERAFEST LISBOA: está de volta o festival que traz lágrimas, mistério e utopia para lavar a alma

O novo festival de ópera na cidade, OPERAFEST LISBOA, dirigido pela soprano Catarina Molder e com a produção da Ópera do Castelo, em parceria com o Museu Nacional de Arte…

Agenda 16.Mai.2021

A Arte de Nos Virmos: uma exposição que convida vinte artistas a debruçarem-se sobre o orgasmo feminino

A Arte de Nos Virmos, desafia cerca de 20 artistas visuais a debruçarem-se sobre o orgasmo feminino como símbolo distópico desde a libertação à opressão numa sociedade patriarcal, e heteronormativa.…

Destaque Últimas 16.Mai.2021

Genesis, o NFT de Leonel Moura que desafia a arte do séc.XXI

Leonel Moura, pioneiro na aplicação da Robótica e da Inteligência Artificial à arte, criou um NFT que representa um quadrado preto. Genesis é o nome da obra que está à…

Mais 16.Mai.2021

A dois tempos: Para onde vamos agora?

Algures na década de 1980, o psicólogo norte-americano James Flynn observou que, para a média se manter no mesmo valor comparativo, os testes de inteligência padronizados — aqueles que medem,…

{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}
X
X
Partilhar
Copy link
Powered by Social Snap