Uma iniciativa do Museu de Lisboa pretende viajar até ao passado da cidade, revisitando as hortas que deram lugar às grandes ruas e avenidas. A proposta estende-se de 30 de agosto a 3 de setembro, para crianças dos 5 aos 14 anos, com o objetivo de envolver os mais novos na descoberta da natureza e dos espaços verdes.

A programação incluí um conjunto de atividades em torno dos espaços da cidade, do Jardim do Palácio Pimenta, ao Jardim Bordalo Pinheiro e Teatro Romano.  A 30 de agosto a proposta é “SEMEAR”, com a visita à exposição temporária do Museu de Lisboa, “Hortas de Lisboa” e um workshop sobre tipos de plantas. No dia seguinte, 31 de agosto, a iniciativa “CUIDAR” ocupa o Jardim Bordalo Pinheiro, com a construção de insetos inspirados nas obras do artista, conhecimento das espécies que habitam as hortas de Lisboa e ainda um conjunto de jogos e atividades que estimulem a imaginação dos mais novos.

Em setembro a programação continua No primeiro dia no mês o convite é “DESCOBRIR” as plantas de há 2000 anos, no Teatro Romano, que dá a conhecer o que existia nas hortas romanas da cidade. Depois dessa experiência, a atividade prossegue com um percurso a iniciar na Igreja de Santo António, com a descoberta dos pigmentos naturais utilizados no desenho e escrita do período medieval. A 2 de setembro é tempo de “COLHER” as plantas para, através delas, criar e experimentar. A oficina de tinturaria acontece no Palácio Pimenta.

No último dia, 3 de setembro, é recriado um passeio às hortas para “DESFRUTAR” do que foi plantado. Neste dia os mais novos poderão aprender como fazer uma alimentação saudável e preparar um piquenique. Todas estas experiências integram o programa de férias de verão do Museu de Lisboa que, entre 31 de agosto e 3 de setembro, conduzem as crianças numa viagem pela natureza na cidade, promovendo a educação ambiental.

Local: Museu de Lisboa

Horário: 30 de agosto a 3 de setembro, das 9h30 às 17h30

Preço: 15€ por dia, 60€ os 5 dias

Fotografias de José Avelar/ Museu de Lisboa