fbpx

Apoia o Gerador na construção de uma sociedade mais criativa, crítica e participativa. Descobre aqui como.

Nove meses depois, Luca Argel apresenta um “Samba de Guerrilha” com música, história e imagem

“Samba de Guerrilha em cena”, é o nome do espetáculo multifacetado que Luca Argel vai…

Apoia o Gerador na construção de uma sociedade mais criativa, crítica e participativa. Descobre aqui como.

"Samba de Guerrilha em cena", é o nome do espetáculo multifacetado que Luca Argel vai levar ao Teatro Maria Matos no dia 10 de novembro. O espetáculo conta com a narração de Nádia Yracema e com cenografia multimédia desenhada em tempo real por António Jorge Gonçalves.

Nove meses após o lançamento de um álbum que nos colocou a pensar sobre história, o cantautor Luca Argel volta a Lisboa no dia 10 de novembro para apresentar "Samba de Guerrilha em cena", no Teatro Maria Matos, em Lisboa. Esta será a primeira vez que "Samba de Guerrilha" será apresentado com todas as suas componentes. Música, história e imagem irão conjugar-se em cena para contar a trajetória deste centenário género brasileiro que atravessou muitas batalhas antes de conseguir a aceitação social, e representa a luta das populações negras e periféricas em busca de reconhecimento, direitos e dignidade.

"Samba de Guerrilha" apresentou-se com uma narrativa em forma de samba - um samba reinventado -, que testa os limites das suas possibilidades musicais e nos leva numa viagem entre clássicos e músicas pouco conhecidas do repertório do género, para nos contar, também, a história deste género musical. Provou ainda ser mais do que um disco, reunindo em si múltiplas expressões artísticas: a música de Luca Argel, a narração de Telma Tvon, a ilustração de José Feitor e a poesia de tantos artistas.

Neste "Samba de Guerrilha em cena", a viagem é narrada por Nádia Yracema (Aurora Negra) e desenhada em cenografia multimédia (em tempo real), por António Jorge Gonçalves. "Quando lancei o álbum me perguntavam como iríamos apresentá-lo em palco. E eu respondia a verdade: «não tenho ideia!». Não só porque a pandemia inviabilizou os concertos, mas porque eu realmente não sabia como fazê-lo. O álbum não é apenas música, logo o concerto também deveria ser muito mais que um concerto. Agora, depois de alguns meses debruçado sobre o problema, e enquanto ganhava quilometragem na estrada com a banda nova, acho que finalmente já consigo responder àquela pergunta. Descobrimos como traduzir o «Samba de Guerrilha» num espetáculo!", conta Luca Argel.

Os bilhetes já estão disponíveis no site da Ticketline.

Local: Teatro Maria Matos, Lisboa
Horário: 21h
Preço: 10€, aqui.
Fotografia de Felipe Drehmer

Se este artigo te interessou vale a pena espreitares estes também

19 Julho 2024

Tempos Livres. Iniciativas culturais pelo país que vale a pena espreitar

17 Julho 2024

Mais de 1800 pessoas e entidades defendem “liberdade de escrever, de publicar e de ler”

12 Julho 2024

Tempos Livres. Iniciativas culturais pelo país que vale a pena espreitar

5 Julho 2024

Tempos Livres. Iniciativas culturais pelo país que vale a pena espreitar

28 Junho 2024

Tempos Livres. Iniciativas culturais pelo país que vale a pena espreitar

21 Junho 2024

Tempos Livres. Iniciativas culturais pelo país que vale a pena espreitar

14 Junho 2024

Tempos Livres. Iniciativas culturais pelo país que vale a pena espreitar

12 Junho 2024

Haris Pašović: “Não acredito que a arte deva estar desligada da realidade”

11 Junho 2024

Prémio Fundações vai dar 50 mil euros a projetos de arte, ciência, cidadania e solidariedade

10 Junho 2024

Matilde Travassos: “A intuição é a minha única verdade”

Academia: cursos originais com especialistas de referência

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Introdução à Produção Musical para Audiovisuais [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Narrativas animadas – iniciação à animação de personagens [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Iniciação ao vídeo – filma, corta e edita [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Viver, trabalhar e investir no interior [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Soluções Criativas para Gestão de Organizações e Projetos [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Financiamento de Estruturas e Projetos Culturais [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Criação e manutenção de Associações Culturais (online)

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Comunicação Cultural [online e presencial]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Planeamento na Produção de Eventos Culturais [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Fundos Europeus para as Artes e Cultura II – Redação de candidaturas [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Escrita para intérpretes e criadores [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Jornalismo e Crítica Musical [online]

Duração: 15h

Formato: Online

Investigações: conhece as nossas principais reportagens, feitas de jornalismo lento

22 Julho 2024

A nuvem cinzenta dos crimes de ódio

Apesar do aumento das denúncias de crimes motivados por ódio, o número de acusações mantém-se baixo. A maioria dos casos são arquivados, mas a avaliação do contexto torna-se difícil face à dispersão de informação. A realidade dos crimes está envolta numa nuvem cinzenta. Nesta série escrutinamos o que está em causa no enquadramento jurídico dos crimes de ódio e quais os contextos que ajudam a explicar o aumento das queixas.

5 JUNHO 2024

Parlamento Europeu: extrema-direita cresce e os moderados estão a deixar-se contagiar

A extrema-direita está a crescer na Europa, e a sua influência já se faz sentir nas instituições democráticas. As previsões são unânimes: a representação destes partidos no Parlamento Europeu deve aumentar após as eleições de junho. Apesar de este não ser o órgão com maior peso na execução das políticas comunitárias, a alteração de forças poderá ter implicações na agenda, nomeadamente pela influência que a extrema-direita já exerce sobre a direita moderada.

A tua lista de compras0
O teu carrinho está vazio.
0