O sociólogo vai participar no painel “As consequências da pandemia para o interior”, pelas 15h00 do dia 9 de abril, juntamente com o Técnico de Turismo e Património da Câmara Municipal de Beja, André Tomé, e a Secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira.

Doutorado em Sociologia da Cultura e da Educação (1999), foi membro efetivo do Observatório das Actividades Culturais entre 1996 e 1998 e integrou a equipa coordenadora do Relatório das Políticas Culturais Nacionais (1985-95) apresentado em 1998 junto do Conselho da Europa.

Foi programador de Porto Capital Europeia da Cultura 2001, enquanto responsável pela área do envolvimento da população e membro da equipa inicial que redigiu o projecto de candidatura apresentado ao Conselho da Europa. Representou o Bloco de Esquerda como deputado à Assembleia da República (2002 a 2006), foi coordenador Científico do Instituto de Sociologia da FLUP entre 2002 e Fevereiro de 2010.

Tem 23 livros publicados (sozinho ou em co-autoria) nos domínios da sociologia da cultura, cidade, juventude e educação, bem como museologia e estudos territoriais. Foi distinguido em 2014 com o galardão “Chevalier des Palmes Académiques” pelo Governo francês. Hoje é presidente da Associação Portuguesa de Sociologia.

Nos dias 9 e 10 de abril, o festival Descobre o Teu Interior vai debater o interior do país e dar visibilidade às comunidades que o compõem e conta com a presença da Secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, Margarida Correia Pinto da EDP, o escritor Afonso Cruz, num total de mais de 20 oradores.

O festival terá três palcos, um dedicado à música portuguesa, outro ao cinema, e o principal que receberá diferentes painéis para debater o estado do interior do país. Para além destes espaços podes ainda navegar pelo recinto virtual onde encontrarás vários recantos prontos a serem explorados. Descobre tudo na página principal do festival.

No Gerador sentimos a responsabilidade de pensar, questionar e agir sobre a cultura. Sabemos que somos incompletos nesta missão sem os artistas, os autores e os técnicos que nos rodeiam. Por isso, consideramos fundamental remunerar quem desafiamos. Quer seja quando fazemos eventos presenciais, quer quando mergulhamos no mundo digital. 

Compra já aqui o teu passe para os dois dias.