De 2 a 7 de março, Lisboa recebe mais edição do Passaporte da Dança, iniciativa que alia Juntas de Freguesia, escolas de dança, coletividades, associações culturais e artista, com o objetivo de promover uma semana completa de aulas abertas e gratuitas.

Ao todo, a iniciativa contará com mais de 180 aulas gratuitas, em 40 escolas de 16 Juntas de Freguesia de Lisboa (Alvalade, Areeiro, Arroios, Beato, Belém, Benfica, Campo de Ourique, Campolide, Lumiar, Marvila, Misericórdia, Parque das Nações, Penha de França, Santo António, Santa Maria Maior, São Vicente).

O Passaporte da Dança integra os mais diferentes géneros de dança, passando pelo Ballet, Flamenco, Sevilhanas, Jazz, Salsa, Tango e Dança Contemporânea, sendo que irão ainda realizar-se aulas de Swing Dance, Fit Gipsy Dance, Lyrical Jazz, Bharata Natyam, entre outras.

Esta sexta-feira, dia 28 de fevereiro, de forma a promover a iniciativa, a organização do Passaporte da Dança irá dinamizar três aulas abertas nas estações de Metro de Lisboa. A primeira, com o grupo Little Big Apple, decorre na estação da Alameda, entre as 16h e 18h. A segunda, dinamizada pelo grupo Espaço Baião, terá lugar na estação do Marquês de Pombal, entre as 17h30 e as 18h30 . À mesma hora, na estação do Cais do Sodré decorre a terceira e última aula, dedicada ao Lindy Hop, dinamizada pelo grupo Swing Station.

O Passaporte da Dança é uma iniciativa inserida no Cumplicidades - Festival Internacional de Dança Contemporânea de Lisboa, que decorre de 6 e 21 de março. Na sua 3.ª edição, o festival terá como programador convidado o artista plástico André Guedes e contará com 27 coreografias, performances e atuações de artistas nacionais e internacionais.

As inscrições para o Passaporte da Dança devem ser feitas aqui.

Texto de Ricardo Ramos Gonçalves
Fotografia de Jon Tyson via Unsplash

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.