“Nisto” é um projeto criado dentro da edição portuguesa do ciclo Mis Documentos de Lola Arias no Teatro do Bairro Alto, TBA, em Lisboa em fevereiro de 2020.

Mis Documentos é um conceito idealizado pela dramaturga, encenadora e realizadora argentina Lola Arias e tem um formato mínimo: um artista em cena com os seus documentos. Uma maneira de tornar visíveis as pesquisas que às vezes se perdem numa pasta sem nome no computador.

“Nisto” confessa uma paixão secreta de Pedro Penim, que o leva muito longe pelo mar da Internet. Um vício inocente e obscuro que nunca revelou antes: a sua “coleção de ilhas”. Há muito que o encenador pesquisa, recolhe e sistematiza informação sobre diversas ilhas desabitadas e/ou remotas e esta criação pretende pôr em cena um discurso que possa dar pistas sobre este interesse pelo isolamento, a evasão e a demarcação do espaço. Em “Nisto”, Pedro vai-nos levando como espectadores ao interior da mente de alguém que procura incessantemente e faz-nos pensar sobre as nossas próprias obsessões. O que fazemos em segredo nos nossos computadores quando ninguém nos vê?

Pedro Pequim é um dos diretores artísticos do coletivo Teatro Praga. O seu trabalho como encenador e ator estende-se também escrita, às conferências, tradução e formação e já foi apresentado por todo o território português bem como em França, Itália, Brasil, Reino Unido, China, Alemanha, Espanha, Eslováquia, Turquia, Israel, Eslovénia, Noruega e Hungria.

Texto de Isabel Marques
Fotografia disponível via Unsplash