Nasci em Lisboa em 1970. O meu primeiro contacto com a Fotografia ocorreu no âmbito do curso de Marketing e Publicidade no IADE. A partir daí passou a fazer parte de mim e do modo como vejo o mundo. Explorei-a de diversas formas até que, no escuro da plateia, me apaixonei pela luz do palco. A Fotografia de Espetáculo não é o registo simples de um momento. É antes um veículo de sentimentos e emoções que se serve do jogo alucinante de luz e de movimento para congelar algo que se quer fluído, o que obriga a uma enorme concentração e rapidez de resposta. É um desafio e uma das formas de expressão de que mais gosto. Quando se apaga a luz é uma exposição onde pretendo transmitir o que tenho observado, mas principalmente o que tenho sentido, nas salas de espetáculo onde tenho tido o privilégio de fotografar.

É desta forma que a fotógrafa Patrícia Blázquez, que trabalha na Fundação Culturgest, apresenta a sua exposição Quando se apaga a luz, numa referência aos vários espetáculos que já fotografou. O seu trabalho poderá ser visitado no foyer do Centro Cultural Malaposta.

Local: Centro Cultural Malaposta, R. de Angola, 2620-492 Olival Basto
Horário: das 14h30 às 18h00; das 14h00 às 18h00, ao sábado; das 11h00 às 13h00, ao domingo; encerrado, à segunda.
Preço: Gratuito

Fotografia da cortesia de Patrícia Blasquez