Já é possível ver a segunda fase da exposição "Quatro Quatro" no Arquipélago Centro de Artes Contemporâneas. A exposição faz parte de um projeto que pretende identificar a comunidade artística residente nos Açores, com especial incidência em São Miguel.

O Arquipélago Centro de Artes Contemporâneas quer conhecer a comunidade artística açoriana e por isso abriu espaço para que os artistas dessem a conhecer os seus trabalhos e o que de melhor se faz em São Miguel, "abrimos os espaços das células como espaços de criação, experimentação, residência e exposição e foram selecionados os segundos 4 artistas tendo em conta práticas múltiplas e gerações diversas", explica a organização. A partir da primeira seleção de artistas foram os próprios a fazer as escolhas seguintes, cada um deles, convidou o artista seguinte e assim sucessivamente, em grupos de quatro, até atingirem os 20 artistas.

Com coordenação de Diogo Aguiar, membro do Arquipélago, a construção desta exposição tem contornos não só artísticos, mas também relacionais, "num mapeamento que se quer também ele de afetos". Neste momento, as artistas residentes são Sara Massa, Nina Medeiros, Mariana Sales Teixeira e Miguel Cipriano.

Assim, mensalmente, o Arquipélago Centro de Artes Contemporâneas terá quatro novas intervenções no espaço das Células Artísticas e uma exposição que se vai construindo ao longo do ano.

Local: Arquipélago Centro de Artes Contemporâneas;
Horário: De 14 agosto a 6 de fevereiro de 2022;
Bilhetes: Mais informações, aqui.
Fotografia disponível via Unsplash