O Teatro Municipal do Porto (TMP) acaba de criar um programa com o intuito de incentivar o trabalho de investigação de artistas que, em virtude da atual conjuntura, se encontram impossibilitados de apresentar os seus espetáculos. A iniciativa chama-se “Reclamar Tempo – Pesquisa e Investigação Artística” e é dirigida a artistas que residem ou trabalham no concelho do Porto, nas áreas da dança, teatro, performance, circo contemporâneo, cruzamentos disciplinares, escrita e reflexão nas artes performativas.

As candidaturas encontram-se abertas e encerram no próximo dia 18 de maio, às 18h00. As propostas serão selecionadas por um júri constituído para o efeito e os resultados anunciados a 29 de maio. O trabalho dos artistas selecionados será organizado em duas fases: a primeira dedicada exclusivamente ao trabalho de pesquisa e a segunda à realização de residências de duas semanas, em espaço a anunciar, e com o acompanhamento de dois mentores, um nacional e um internacional.

O júri é composto por Cristina Planas Leitão, coreógrafa e assistente de programação do TMP, Pedro Barreiro, encenador e programador da Rua das Gaivotas 6, e pela dupla de artistas Daniel Moreira e Rita Castro Neves.

O programa irá selecionar até 11 artistas, com a atribuição de um valor individual de 3.000 euros. Toda a informação encontra-se disponível aqui.

Texto de Ricardo Ramos Gonçalves
Fotografia de José Caldeira

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.