Na sua 24ª edição, a Mostra de Teatro de Almada apresenta 22 espectáculos ao longo de 30 dias dedicados à cultura. Na terceira semana desta edição, de 14 a 22 de novembro, o município recebe mais de 10 espetáculos e companhias.

A semana arranca, no dia 14 de novembro, com o espetáculo "Do pé para a mão", da companhia Embalarte, no Convento dos Capuchos, e que pretende através da poesia e do movimento levar os mais novos a (re)descobrir o seu corpo. Segue-se a Companhia de Teatro Musical Plateias D'Arte com "Anastasia Romanov", um musical que se repetirá sábado e domingo, e terá quatro sessões no Auditório Fernando Lopes-Graça.

Ainda no fim de semana, no sábado, a Associação Cultural Artes e Engenhos estreia "Und de Howard Barker - Abertura de processo", desta feita no Teatro-Estúdio António Assunção. No mesmo espaço, já na quarta-feira, dia 18 de novembro, estreia a criação de Luís Menezes, Sofia Raposo e Tiago Durão - "Um país acossado pelo medo ou o reino da estupidez".

A terceira semana da Mostra de Teatro de Almada termina na sexta-feira com duas estreias em simultâneo: A Lagarto Amarelo e Entretanto Teatro apresentam "Mil palavras por dia", no Teatro-Estúdio António Assunção, enquanto o Grupo de Teatro da Gandaia estreia "Saídos da Casca" no Auditório Costa da Caparica. Ambos os espetáculos têm inicio marcado para as 20h30.

Os espetáculos continuam até dia 29 de novembro.

A Mostra de Teatro de Almada é organizada pelos Grupos de Teatro do Concelho e pela Câmara Municipal de Almada.

Texto de Bárbara Dixe Ramos
Fotografia do espetáculo "Anastasia Romanov", cedida pela organização