Susana Rocha apresenta a sua primeira exposição individual na Galeria NAVE, em Lisboa. "Too Much Light in the Dark" é inaugurada no dia 9 de setembro pelas 17h e estará patente até 23 de outubro.

A exposição tem a curadoria de Mercedes Cerón

"Too Much Light in the Dark" é o mais recente trabalho de Susana Rocha, uma narrativa pessoal, de metáforas sensoriais experimentadas sobre a perturbação do sono. A Galeria NAVE, com quem iniciou recentemente a representação do seu trabalho, e com quem está a desenvolver uma série de projetos nacionais e internacionais, é o sítio escolhido para a sua primeira exposição individual no dia 9 de setembro pelas 17h.

Susana Rocha pauta as suas obras artísticas por uma constante investigação metodológica, e "Too Much Light in the Dark" não é exceção. Paralelamente ao conceito abordado pela artista sobre a perturbação do sono, as obras transbordam a plasticidade do campo de batalha em que a disputa é solitária – mesmo numa partilha física do sono - e que antecede a inatividade do corpo e da mente, colocando-nos num estado de vigília semiconsciente, em que as características espaciais em conjugação com a atividade onírica, contribuem para uma alteração do pórtico do sono

"Unfinished Cicle", 2021 | Néon | 60 cm diâmetro

Local: Galeria Nave
Horário: 9 de setembro pelas 17h;
Bilhetes: Não aplicável
Fotografia disponível via Unsplash