E se te disséssemos que, no próximo dia 12 de outubro, vais entrar numa oficina de carros para ver um concerto mas, também, para te sentares à conversa?

A Oficina Rede Auto Solutions nasceu no Brasil e atravessou o Atlântico há 4 anos para se instalar no Lumiar, em plena Alameda das Linhas de Torres, onde diariamente resolve aqueles problemas que ninguém quer num carro. No Trampolim Gerador abrem as portas do seu espaço esvaziado de carros mas à procura de pessoas para dois momentos bem especiais: um concerto do músico angolano Chalo Correia e uma conversa da Fumaça, um projecto de jornalismo independente. Curioso para saber mais sobre estes dois momentos?

17h | Concerto Chalo Correria

O cantor e compositor angolano promete trazer os seus ritmos contagiantes e, claro, a harmónica, a sua imagem de marca, até ao Lumiar. Apesar de tocar pela Europa há já 20 anos, foi em 2015 que lançou o seu primeiro álbum, Kudihohola que, no ano seguinte, foi nomeado em duas categorias nos prémios Angola Awards Music, em Luanda.

O som é habitualmente caracterizado como fazendo parte dos "clássicos de Angola", herança de autores como Os Ngola Ritmos, David Zé, Urbano de Castro ou Kiezos. Influenciado pela essência das músicas dos anos 60 e 70, Chalo Correia criou uma nova abordagem sem deixar de lado a base tradicional do semba, uma linguagem musical acústica. Em 2017 lançou o seu mais recente disco, Akuá Musseque. 

18h30 | Conversa Fumaça | Feminismo: uma palavra gasta?

A palavra “feminismo” aparece pela primeira vez nos dicionários na segunda metade do século XIX, quando uma série de movimentos liderados por mulheres exigiam o direito ao voto. As sufragistas tiveram sucesso em vários países, mas o voto universal, em Portugal, independentemente do género, só chegaria mais tarde, depois do 25 de abril de 1974. Por esta altura, os movimentos feministas estavam bem vivos mas a palavra feminismo foi várias vezes dada como “gasta”.

Quando assistimos ao que várias investigações definem como “nova vaga do feminismo”, o que a difere das anteriores? E o que têm em comum? Será "feminismo” uma palavra gasta?

Em breve vamos revelar o mapa com todos os locais do Trampolim Gerador para saberes por onde deves navegar. Para já, na galeria em baixo, podes ficar com um cheirinho do que vais encontrar na oficina.

O Trampolim Gerador, uma organização conjunta do Gerador e da Junta de Freguesia do Lumiar, leva mais de 50 momentos culturais gratuitos, desde concertos, teatro, dança, exposições ou mesmo gastronomia, ao Lumiar, em Lisboa, já no próximo dia 12 de outubro.
O programa, que começa pelas 16h, invade espaços inusitados como uma oficina automóvel, um centro comercial dos anos 80, palacetes históricos ou mesmo a Alameda das Linhas de Torres, que vai ter uma zona fechada ao trânsito nesse dia.
Descobre a agenda completa aqui.
Créditos - Fotografias de Andreia Mayer