A @luc_at_the_world foi a grande vencedora da categoria World Academy Melhor Foto Minimalista nos Insties Gerador 2019.

A categoria World Academy Melhor Foto Minimalista destacou a publicação que explorou dimensões da simplicidade e da padronização.

Conhece aqui o trabalho da @luc_at_the_world e dos outros nomeados:

@luc_at_the_world

É arquiteta e trabalha numa investigação sobre o uso da madeira em arquitetura sustentável. Viveu três anos em Argel e três anos em Londres, tendo regressado a Portugal recentemente. Descreve a inspiração como sendo algo capaz de se cheirar com as mãos e olhar com os pés, uma autêntica ousadia na experiência sensorial do espaço. Encara o Instagram como um relato ou partilha do seu percurso.

@alexcoelholima

É arquiteto e tem como passatempos a fotografia e a leitura. O trabalho de outras pessoas é, para si, uma grande fonte de inspiração e confessa ter mais facilidade em sentir-se inspirado quando não tem problemas. Foi o Instagram que fez com que descobrisse, quase com 50 anos, a paixão pela fotografia, tendo travado conhecimento com muitas pessoas talentosas desde que utiliza a plataforma.

@ana_gil_

É designer de comunicação. Procura inspiração em tudo e em nada: pormenores do dia-a-dia, os seus sentimentos, uma música. A fotografia é o seu grande hobby, em paralelo com o Instagram, que define como um vício saudável sem o qual não consegue viver. Considera que a sua arte evoluiu muito devido à plataforma, sendo a rede social ideal para partilhar e explorar a sua paixão pela fotografia.

@lscascada

É fotógrafo desde a adolescência. Adora BD, cinema, viajar, correr, andar de mota, restaurar carros, carpintaria e serigrafia. No que diz respeito a inspiração, há dias em que não consegue criar nada. Noutros, é influenciado por um momento imprevisível e consegue uma fotografia incrível. Vê o Instagram como uma mistela de trabalho e conteúdos pessoais. Adora ver murais homogéneos mas confessa não conseguir ter essa disciplina na sua própria conta.

@marcospmoreira

É arquiteto. Inspira-se nos locais que visita, na forma como a luz se projeta em seu redor e, acima de tudo, nas pessoas. A forma como os outros interpretam o mundo é algo que o fascina imensamente. Considera o Instagram como uma plataforma para partilhar memórias e uma fonte de inspiração que o desafia constantemente a evoluir na sua arte.