Entre os dias 16 e 25 e julho, o Festival de Cinema Internacional dedicado à curta metragem regressa às telas. Pensado para um formato misto, a 29ªedição do Curtas Vila do Conde cruzará o cinema, a música e as artes visuais, nos espaços do Teatro Municipal de Vila do Conde, o Auditório Municipal e a Solar - Galeria de Arte Cinemática e promoverá um conjunto de iniciativas em formato online, programando sessões em formato VoD, debates e entrevistas.

A relação com o cinema contemporâneo e a sua abordagem vanguardista debruça-se este ano sobre realizadorxs referência como Ali Asgari e Farnoosh Samadi, Jacqueline Lentzou e Jorge Jácome.

Cartaz do festival

Será também possível ver ou rever as obras criadas por autores nacionais e internacionais a convite do Curtas, como por exemplo: “Kalkitos”, de Miguel Gomes e “Strokkur”, de João Salaviza, obras que percorreram inúmeros festivais internacionais, maravilhando as suas audiências; “Bustarenga”, de Ana Maria Gomes, uma odisseia em busca do “príncipe encantado”; “Reconversão”, um olhar atento de Thom Andersen sobre a obra do arquitecto Souto de Moura; “Mahjong”, uma aventura neo-noir pela misteriosa periferia vila-condense, realizado pela dupla João Rui Guerra da Mata e João Pedro Rodrigues, “A Rua da Estrada’”, um olhar cinematográfico de Graça Castanheira sobre o singular livro homónimo do geógrafo Álvaro Domingues; “A Mãe e o Mar”, uma pesquisa afetiva e poética de Gonçalo Tocha sobre as incríveis pescadeiras de Vila Chã; “O Milagre De Santo António”, documentário de Sergei Loznitsa sobre uma peculiar tradição ancestral no norte de Portugal, e muito mais.

Podes consultar a programação na íntegra aqui.

Local: Teatro Municipal de Vila do Conde, o Auditório Municipal e a Solar - Galeria de Arte Cinemática e online;
Horário: entre os dias 16 e 25 de julho, com horário a determinar;
Preço: ainda a anunciar.
Fotografia disponível via Unsplash