Entre os dias 14 e 17 de outubro, a AR&PA Bienal Ibérica de Património Cultural acontece no território da Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria. A edição 2021 do evento referência do sector do Património Cultural destaca-se com uma programação que conta com as iniciativas PATRIMÓNIO BANDS e #SOUPATRIMONIOLEIRIA, voltando-se de forma inovadora para o público mais jovem. A bienal terá ainda disponíveis formações online inseridas no P Património.

O fórum de debate para profissionais e instituições dedicadas ao Património Cultural que terá como palco a cidade de Leiria, é composto por uma programação diversificada, composta por seminários, cursos, atividades de Educação Patrimonial, concertos, performances, workshops de Artes & Ofícios, visitas e roteiros, exposições, concursos digitais, entre outros, o evento conta ainda com uma alargada área de Expositores física, no Mercado de Sant’Ana, em Leiria, e virtual, na plataforma online do evento.

Entre esta bagagem de atividades e iniciativas destacam-se a PATRIMÓNIO BANDS, uma iniciativa que reúne um conjunto de performances musicais, levadas a cabo por uma seleção de membros de Bandas Filarmónicas e de outras bandas tradicionais locais, junto de elementos patrimoniais icónicos ou desconhecidos dos 10 municípios que integram a Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria.

As bandas da região serão as protagonistas de performances acústicas em espaço público, num conjunto de atuações itinerantes, participativas, dinâmicas e de conexão com espaços patrimoniais da região.

 Esta iniciativa pretende "valorizar a dimensão patrimonial inerente às próprias Bandas Filarmónicas, o seu carácter interjecional e formativo, assim como a informalidade que caracteriza boa parte das performances destes agrupamentos musicais", lê-se em comunicado.

Entre a programação destacam-se: a Escola de Concertinas do Rancho Folclórico Rosas do Lena no dia 8 de agosto, pelas 16h30 na Batalha; a Associação das Filarmónicas do Concelho de Leiria, dia 4 de setembro, pelas 17h, em Castanheira de Pêra; Filarmónica Pedroguense, a 11 de setembro, pelas 17h30, em Pedrógão Grande; a Banda Recreativa Portomosense, a 12 de setembro, pelas 15horas, em Porto de Mós; Sociedade Musical de Instrução e Recreio Figueiroense, pelas 1h30 do dia 17 de setembro, em Figueiró dos Vinhos; a Associação das Filarmónicas do Concelho de Leiria, em Leiria, no dia 18 de setembro, pelas 17horas; a Sociedade Filarmónica Alvaiazerense de Santa Cecília, em Alvaiázere, pelas 18horas do dia 25 de setembro; o Ensemble de Clarinetes Clarilha - Banda Filarmónica Ilhense, no dia 2 de outubro, pelas 17horas, no Pombal; o Grupo de Percussão Tócandar, no dia 9 de outubro, pelas 16horas na Marinha Grande e ainda a Sociedade Filarmónica Avelarense, em Ansião, no dia 10 de outubro, pelas 15horas.

Já no #EUSOUPATRIMONIOLEIRIA, decorrerão diferentes iniciativas online, entre elas a “Call to action” para produção e partilha de selfies com o património da região de Leiria, aberto a todos e com o objetivo de promover uma relação espontânea, regular e identitária com o património e a "Tire uma selfie com o Património - seja ele um mosteiro, uma rua histórica, uma banda filarmónica ou um doce tradicional - e partilhe-a através de #eusoupatrimonioleiria!”.

As fotografias selecionadas serão publicadas nos canais digitais da AR&PA.

Por último, o P de Património, promovido em parceria com o Plano Nacional das Artes, apresenta um Ciclo de Formação online, dedicado a profissionais do sector, debruçando-se sobre problemáticas do património cultural, em cruzamento com diversas disciplinas.

A participação na diferentes iniciativas será gratuita, ainda que sujeita a uma inscrição prévia.

Texto por Patrícia Silva
Fotografia retirada do website AR&PA Bienal Ibérica

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.