No dia 20 de maio de 2021, lançámos a terceira edição do Barómetro Gerador Qmetrics, que nos orgulhamos de ser um estudo completo e o único em Portugal que avalia a opinião dos portugueses sobre a cultura.

No Barómetro deste ano consolidámos as variáveis de análise mais críticas, depois de três anos a ouvir a comunidade cultural e criativa. Sente-se, numa leitura mais abstrata, que o terramoto pandémico não afastou as pessoas da cultura, antes valorizou a relação entre ambos. Há um pressentimento de oportunidade para a cultura.

Esta será, desejamos todos, a última edição com uma presença da pandemia nas avaliações que realizamos, apesar de sabermos que há disrupções que não voltam atrás, nomeadamente na nova importância do digital no nosso dia-a-dia e, até, no que será o futuro do consumo da cultura.

Esta edição marca, também, o início de uma estratégia mais forte na produção de conhecimento. Ainda durante este ano vamos lançar um conjunto de análises dedicadas, mais especificas sobre alguns temas, que merecem um tratamento autónomo, complementado com outras abordagens mais criativas e provocadoras.

Desde os primeiros dias do Gerador que desejamos criar uma ferramenta para apoiar os autores, agentes culturais e líderes políticos e empresariais nas decisões relacionadas com estratégias culturais. 

Para responder a este objetivo, em 2019 convidámos uma empresa de referência na área dos estudos de mercado em Portugal, a Qmetrics, a aceitar o desafio de materializar o estudo mais ambicioso de sempre no nosso país nesta área.

Compra o relatório digital de 2021 do Barómetro Gerador Qmetrics aqui: