A revista Contemporânea lançou no dia 24 de março um projeto que envolve 20 autoras e autores na criação e edição de conteúdos inéditos, com o objetivo de refletirem a produção artística em contexto de crise. Composto por cinco workshops, o segundo acontece esta quarta-feira, dia 31 de março.

Esta semana, o workshop dedica-se a “Participação em e para além da Presença”. As três sessões seguintes acontecerão nos dias 7, 14 e 21 de abril e terão como temas “Comunidade e Imunidade – a partir de Paul B. Preciado”, “Curadoria e Cura: Virulência e contágio no pensamento contemporâneo” e “O Poder e a Ação da Programação Cultural: Manifestos e manifestações”.

O programa do projeto é composto por um ciclo de workshops temáticos, que integra uma edição especial da Contemporânea. Associados a um programa online com publicações, conversas e performances, todas as atividades serão de acesso livre e gratuito e decorrerão, maioritariamente, via online.

Comunidade enquanto Imunidade é um projeto transdisciplinar que se dedica à reflexão e produção artística sobre as várias dimensões críticas do presente em relação com a pandemia COVID-19. Entre março e dezembro, a revista promove um programa com atividades públicas e gratuitas, que conta com os contributos de 20 artistas, curadores, académicos, jornalistas, músicos e outras autoras e autores. Entre eles destacam-se nomes como: Alejandro Alonso Díaz, Ana Margarida Abrantes, Andreia Santana, António Poppe, Carolina Ellis, Cátia Sá, Diana Policarpo, Djaimilia Pereira de Almeida, Gisela Casimiro, Hugo Canoilas, Jack Mugler, Miguel Mesquita, entre outros.

Local: Online;

Horário: às quartas-feiras, pelas 10horas;

Preço: gratuito.

Fotografia via Unsplash