Este é o vídeo dos “3 minutos às 3” em que podes descobrir um olhar sobre a reportagem de investigação do Gerador que saiu no sábado anterior.

Neste vídeo podes encontrar um resumo da reportagem “No escuro de cada sala, escondem-se os planos do futuro do cinema”, em que abordámos o período instável por que o cinema, tal como as restantes áreas da cultura, está a passar, ouvindo alguns dos seus intervenientes.

Na semana em que sabemos que as salas de cinema poderão começar a funcionar a partir do dia 1 de junho, entramos no escuro de uma grande sala comum, que deixa ver no grande ecrã as fragilidades dos trabalhadores do audiovisual. Neste tempo de espera e intermitência para grande parte dos trabalhadores do setor cultural, e numa altura em que as plataformas de streaming atingiram números de subscritores nunca antes pensados, reunimos o que foi feito e questionamos se esta poderá, afinal, ser uma fase de mudança de paradigma no cinema.

Neste momento de escuta semanal, juntámos Cláudia Varejão (realizadora), Sérgio Graciano (realizador), Hélder Faria (realizador), Luís Sérgio (assistente de realização), Anette Dujisin (diretora do Filmin), Luís Mendonça (cofundador de À Pala de Walsh), Carlos Viana (coordenador do MDOC – Festival Internacional de Documentário de Melgaço), e o Alvalade Cineclube. Com as suas vozes e um olhar sobre o que tem acontecido em Portugal, mas também no resto da Europa, convidamos os leitores a uma reflexão no presente, tendo já em vista um futuro que se quer ilumindado.

Podes ler a reportagem completa, aqui:

Jornalistas: Carolina Franco e Raquel Botelho Rodrigues
Edição de vídeo de Susana Maciel
gerador-cultura-na-pandemia-cinema