Depois de vários dias a analisar candidaturas, chegou o momento de revelarmos que a reportagem vencedora da Bolsa Reportagens Essenciais Gerador é da autoria da jovem jornalista Ana Sofia Paiva, que nos propõe uma reflexão acerca da cultura no quotidiano da população, tendo em conta a atual situação pandémica.

A sua proposta tem como base a pergunta Qual é o papel das cidades no setor da cultura e da criatividade?. Uma das respostas pode passar pela Rede de Cidades Criativas da UNESCO, um projeto criada pela UNESCO em 2004, do qual fazem parte 246 cidades espalhadas pelo mundo. Tendo em conta as diretrizes da Agenda 2030 da ONU, estas cidades devem cooperar entre si, com o objetivo de colocar as indústrias culturais e criativas na agenda governamental, para o desenvolvimento local e regional.

Em Portugal, existem sete cidades incluídas nesta rede e a cidade da Covilhã está em fase de candidatura. Em 2020, a Secretaria da UNESCO solicitou às cidades membros o ajustamento das suas atividades, por forma a permitir a divulgação da cultura e da criatividade. Que respostas estão a dar as cidades portuguesas inseridas nesta rede? Porque é que é tão importante olhar para a cultura do ponto de vista das cidades? Estas são perguntas às quais esta reportagem de investigação pretende responder e que em breve teremos oportunidade de descobrir nas várias plataformas do Gerador ;-)

Bolsa Reportagens Essenciais Gerador é uma bolsa de jornalismo destinada a jovens jornalistas formados ou ainda em formação, até aos 35 anos, que permite desenvolver, durante o período de três meses, uma reportagem de investigação com acesso a recursos técnicos, humanos e financeiros fornecidos pelo Gerador.

Esta é a primeira de mais três bolsas que serão atribuídas ao longo do ano de 2021, de três em três meses. Em breve iremos abrir novas candidaturas, por isso fica atento! Descobre mais sobre este projeto, aqui.