O MUSCARIUM – Festival de Artes Performativas regressa entre 17 e 27 de setembro a Sintra. Do Quorum Ballet a Surma, do Trincheira Teatro ao Teatro do Silêncio, esta programação desenhada pelo teatromosca assinala, mais uma vez, a nova temporada do AMAS – Auditório Municipal António Silva. 

O festival abre com Impulso, um espetáculo do Quorum Ballet dirigido por Daniel Cardoso, que celebra 15 anos de atividade, às 21h00 do dia 17 de setembro. Apresentado pela primeira vez em 2019, o espetáculo, que terá como palco o AMAS, marca “o início de uma nova fase” e lembra que “através do corpo e do movimento se consegue chegar onde as palavras não chegam”.

A 18 de setembro o Teatro Efémero apresenta Lie Lie Land, no Teatroesfera (Queluz). No terceiro dia de apresentações, 19 de setembro, a Casa da Cultura Lívio de Morais recebe às 16h00 O Último Marco do Correio, dirigido ao público infantil, e o AMAS apresenta Há dois anos que eu não como pargo, às 21h00 — uma peça encenada por Levi Martins, de que já te tínhamos falado aqui, aquando da sua estreia, em março, no Cineteatro Joaquim de Almeida, no Montijo. A primeira semana termina com um concerto de Surma no Palácio de Queluz às 21h00, no dia 20 de setembro.

Impulso marca a abertura de MUSCARIUM#6

A segunda semana de programação começa no dia 23 de setembro às 21h00 com Ortov: Sai do Escuro, uma produção da Musgo – Produção Cultural, apresentado no AMAS. No dia 24 de setembro às 21h30, Little B pisa a Casa de Teatro de Sintra — uma peça colaborativa, pensada e escrita por Ana Vitorino, Carlos Costa, Mário Moutinho e Sara Barros Leitão, inspirada na biografia do próprio Mário Moutinho.

A marcar os três últimos dias de MUSCARIUM estão Estúdio: Flores, uma coprodução do teatromosca e do Centro Dramático Rural (Madrid), apresentado no dia 25 de setembro às 21h00 no AMAS; Mulheres em Terra Homens no Mar, a peça de Maria Gil (com quem conversámos sobre o projeto, em julho de 2019) pelo Teatro do Silêncio, no dia 26 de setembro às 21h00, também no AMAS; e Macaco do Rabo Cortado, uma produção do teatromosca, às 11h00 do dia 27 de setembro na Casa da Juventude da Casa das Mercês. 

ORTOV: Sai do Escuro esteve entre março e abril de 2019 na Quinta da Ribafria, em Sintra

O MUSCARIUM, que decorre em Sintra, surgiu em 2015 para comemorar os 15 anos de existência do teatromosca e simultaneamente  dinamizar o Auditório Municipal António Silva. Desde então tem vindo a alargar o leque da sua programação e a estabelecer diálogos não só com a comunidade local e com parceiros, mas também com espaços culturais a nível internacional. 

Podes saber mais sobre este festival e o preço dos bilhetes, aqui.

Texto de Carolina Franco
Fotografias de @Maria Lamas em “Mulheres do Meu País”, o ponto de partida para Mulheres em Terra Homens no Mar, de Maria Gil
O teatromosca e o Gerador são parceiros

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.