“Matéria Inédita (A partir de o limpo e o sujo)” é o mais recente projeto de João Bento, com apresentação no dia 18 de março, às 21h00.

Na procura e captação de sons que “refletissem uma espécie de ritual individual e coletivo” juntamente com os próprios ensaios e trabalho de grupo desenvolvido noutros projetos como “O Limpo e o Sujo” da bailarina e coreografa, Vera Mantero, João Bento, desenvolveu uma obra “vasta de matéria sonora que, em grande parte, ficou arquivada, por utilizar”.

Desse material, surge a “Matéria Inédita”, uma “composição electroacústica” que nasce do convite da Culturgest, para uma “reciclagem sonora”, dando continuidade ao conceito de sustentabilidade da obra de Vera Mantero.

O evento com duração de uma hora, terá transmissão online no Youtube, Facebook e Instagram da Culturgest.

João Bento reúne apresentações a solo e em colaboração em trabalhos pela Europa, México, Índia e Bangladesh. Licenciado em Artes Plásticas/ Escultura pela ESAD, nas Caldas da Rainha, o artista sonoro e visual compõe som para dança, performance, instalações, teatro, cinema e atuações ao vivo “onde articula instrumentos analógicos/eletrónicos, som e processos que questionam a memória e o território.

Local: Youtube e Facebook Culturgest

Horário: 18 de março, às 21h00

 Preço: Grátis

Fotografia disponível via Unsplash