Luísa Sobral é uma compositora e cantora que se estreou em 2011 com a edição de ‘The Cherry on My Cake’, um álbum muito bem recebido pelo público e pela crítica. Seguiu-se ‘There’s A Flower In My Bedroom’ (2013), com convidados como Jamie Cullum, António Zambujo e Mário Laginha, ‘Lu-Pu-I-Pi-Sa-Pa’ (2014) onde expande o seu universo para fora dos limites estéticos dos seus dois primeiros discos e ‘Luísa’ (2016) que foi gravado em Los Angeles, pelo prestigiado produtor norte-americano Joe Henry. Atuou em importantes eventos como o Festival de Jazz de Barcelona, Festival de Jazz de Cartagena, o London Jazz Festival, Cully Jazz, SXSW no Texas, entre outros, e em países como Espanha, França, Turquia, Israel, Alemanha, Suíça, Luxemburgo, EUA, Marrocos, África do Sul, Namíbia, Zimbabué, Botswana, Brasil, Uruguai, entre outros.

Em 2017 compôs ‘Amar Pelos Dois’ o tema vencedor do Festival Eurovisão da Canção, interpretado pelo seu irmão Salvador Sobral. No final de 2018 editou ‘Rosa’ o seu quinto álbum de originais. Para a produção convidou o catalão Raül Refree, um dos mais prestigiados produtores e multi-instrumentistas de Espanha. Para além da voz e guitarra, Luísa Sobral e o seu produtor privilegiaram os instrumentos clássicos: um trio de sopros e percussão clássica. ‘Rosa’ é o álbum mais pessoal, maduro e intimista de Luísa Sobral.

Em 2019, Luísa Sobral regressa aos palcos nacionais e internacionais com uma nova formação e o convite para nos cantar pessoalmente as histórias de ‘Rosa’. Exemplo disso é a aldeia de Cem Soldos, no concelho de Tomar, que volta a receber, de 8 a 11 de agosto, mais uma edição do Festival Bons Sons. É neste festival que vais poder ver um concerto da Luísa, no dia 11 de agosto, no palco Zeca Afonso. Mas para já fica com a sua seleção de 10 músicas de autores portugueses:

António Zambujo, Até o fim
Sérgio Godinho, Mariana Pais, 21 anos
Salvador Sobral, Anda estragar-me os planos
Carminho, As rosas
Márcia, Vai e vem
Ana Moura, Despiu a saudade
Carolina Deslandes, Adeus amor adeus
Sara Tavares, Muna Xeia
Camané, Ai Margarida
Maria João e Mário Laginha, I´ve grown accustomed to his face

Fotografia de Marta D’Orey
O Gerador é parceiro do festival Bons Sons

Se queres ouvir mais Mesclas da Semana, clica aqui.